Alguém tem provas que Deus existe?

Share Button

Uma das perguntas mais intrigantes do mundo é se podemos dizer que há provas que Deus existe. Para o cristão esta pergunta pode soar como uma pegadinha, mas com os anos de experiência aprendemos que existem inúmeras respostas para esta pergunta simples, mas intrigante. A verdade é que o verdadeiro cristão está pouco se importando com esta pergunta e se ela tem uma resposta definitiva, pois nossas experiências são maiores do que qualquer discussão sobre o assunto. O problema é que, normalmente, esta pergunta nos é feita em situações em que pessoas estão dispostas a nos desmoralizar e desafiar nossa fé. Quando passamos por algumas dificuldades na vida, nós também temos a tendência a duvidar de nossa própria fé.



O que é ciência

Vamos começar esta reflexão buscando uma explicação para o que é ciência. Basicamente, a definição de ciência é o acúmulo de conhecimentos, mas não é só isso, é preciso haver um método científico, uma verificação de comprovação. Na verdade, esta definição está em constante formação e é bem provável que em dez anos, por exemplo, já haja outra definição mais correta, mas seja qual for a definição exata do termo ciência, o conceito que se quer dar é sempre a obtenção de um determinado conhecimento o qual se pode provar, comprovar.

Para o propósito deste texto, vamos definir ciência como um conhecimento adquirido de forma que podemos comprovar; já que estamos refletindo sobre a existência ou não de provas que Deus existe.

Deus precisa ser comprovado?

Agora, vamos deixar o conceito de ciência de lado (guardado) enquanto tentamos buscar se existe necessidade de realizarmos esta comprovação, que há um Criador, de forma científica, ou seja, de forma que todos possam crer e não haja mais dúvidas sobre o assunto.

Podemos derrubar esta necessidade de apresentar provas que Deus existe apenas lembrando da palavra fé e seus conceitos. As escrituras sagradas estão cheias de referências sobre fé. “Porque andamos por fé, e não por vista”, 2 Coríntios 5:7, é um texto simples, mas que mostra bem que o cristão precisa ter fé. Aliás, na primeira carta aos Coríntios, capitulo 12, lemos que um dos dons do Espírito é justamente a fé. “E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar”, 1 Coríntios 12:9.

Hebreus 11 também nos traz bons ensinamentos sobre fé. Hebreus 11:1 e 2 diz “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho”.

Crendo ou não em um Criador, o conceito fé precisa ser aceito por todos como definição para acreditarmos em algo que não podemos ver, ou comprovar. Assim como o termo ciência é definido de forma clara, a definição de fé também não pode ser anulada.

Não se pode provar que Deus não existe

Na verdade, uma das possibilidades de resposta para a pergunta “existem provas que Deus existe?” Seria realizamos uma pergunta “ao contrário”, como “é possível provar que Deus não existe?”. Evidente que não é possível provar que não existe um Criador.

Uma forma simples de acabar com qualquer discurso mais caloroso sobre o assunto é só levantar esta verdade. Ninguém consegue provar que Deus não existe. O cristão não tem que provar nada para quem não quer crer; na verdade, quem não quer acreditar é que deve apresentar suas provas; e convenhamos isso não é possível.

Como provar que Deus existe

Ainda assim, vamos verificar como buscar provas que Deus existe, até para nós mesmos. Ora, se a ciência é o acúmulo de conhecimento através de experimentações, quem deseja crer em Deus, ou fortalecer sua fé, deve buscar experiências com Ele, fortalecendo sua fé, comprovando para si mesmo, não apenas sua existência, mas seu amor e grandiosidade.

A maioria das pessoas que estão numa igreja evangélica, por exemplo, passou por experiências de cura, libertação, etc. São pessoas que já tiveram suas experiências com Deus, fizeram uma comprovação pessoal de que há um Criador, que as ama e fez algo nos momentos mais difíceis de suas vidas.

Não há forma melhor, talvez não haja outra forma, de crer em Deus do que com experiências pessoais em nossas vidas, transformação, renovação, libertação, etc.

Por tanto, para dizer que temos provas que Deus existe, precisamos desejar “provar” Deus, ter uma experiência com Deus. Se alguém deseja uma prova que Deus existe, precisa buscar esta experiência. Se alguém desafiar você a provar cientificamente que Deus existe, lembre-se que só comprovamos se algo existe através de experimentos; e ofereça à pessoa a oportunidade de ter experiências com Deus. Incentive a pessoa a buscar sua experiência pessoal em momentos de dificuldade, tristeza, infelicidade, ou qualquer outra situação em que precise de uma ajuda sobrenatural. Quando esta pessoa tiver sua própria experiência, ela vai entender que a fé é algo pessoal e que não se passa de uma pessoa para outra.

Se você quer ter sua experiência para saber se é possível provar cientificamente que Deus existe, nossa dica é se entregar a este desejo e buscar experiências pessoais que lhe façam acreditar que há um Senhor criador de todas as coisas.

Da próxima vez que for desafiado a provar que Deus existe, lembre-se que a melhor forma de fazer isso é buscando experiências; pois é assim que o Senhor age desde a antiguidade e é assim que funciona.

“Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”, Hebreus 11:6.

Se você gosta deste assunto, temos outros textos que você pode gostar.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *