As dificuldades da vida podem ser superadas com o louvor 

Share Button

Não é escondendo a poeira debaixo do tapete que a casa fica limpa. O objetivo deste texto não é trazer apenas uma mensagem sobre superação para as dificuldades da vida com palavras bonitas, mas fazer o leitor refletir sobre os problemas que o rodeiam e conseguir identificar cada ponto para conseguir superá-los. O louvor a Deus é um princípio que devemos ter em nossas vidas, apesar dos problemas. Isso não significa que devemos agradecer pelos problemas, mas agradecer apesar dos problemas. Quando adoramos a Deus, mesmo em situações adversas, estamos exercitando nossa fé e fortalecendo nosso caráter, por isso, precisamos aprender a ser gratos pelo o que temos.

Diariamente lidamos com situações que não são as mais agradáveis, as que gostaríamos que fossem. Lidamos com doenças, notícias ruins, mortes, desemprego, dívidas e muitos outros problemas. Não há como nos mantermos alheios a estes problemas, mas devemos aprender a lidar com essas situações para que estes acontecimentos ruins não tirem nosso foco, nossa fé, nossa esperança. As dificuldades da vida podem trazer momentos de choro e tristeza, mas devemos compreender que um dia terão fim, não são para sempre. Podemos superar as barreiras com autoestima e força de vontade. Para vencer cada obstáculo não devemos ignorá-los, mas saber como superá-los.

Vamos tomar como texto base para iniciar este estudo o versículo de Tiago 1:12. “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o senhor prometeu aos que o amam”.

Neste texto vemos um conselho sobre manter nossa fé e esperança, mesmo com as dificuldades da vida. O autor deste trecho compara barreiras com provas e nos coloca em um ambiente de teste, de provação. Quando enxergamos cada dificuldade como uma prova, um teste, podemos compreender que existe um propósito para cada situação. Pode ser fortalecer a fé, aprender a desapegar de coisas ou pessoas, aprender sobre limitações etc. Nem sempre sabemos de imediato por que passamos por situações desagradáveis, mas olhando “de fora”, podemos compreender que precisamos tomar as decisões melhores.

Quando fazemos um teste, uma prova, não podemos fazer as coisas sem pensar, sem calcular; afoitos e com pressa. Devemos ser calmos, brandos e calcular bem nossas respostas. Da mesma forma, quando passamos pelas dificuldades da vida, encarando-as como provas, devemos ser tranquilidade para passar por cada situação de forma mais calma e racional possível. Não podemos deixar as emoções nos atrapalharem.

Quando fazemos uma prova, as emoções nos atrapalham. O sono, o cansaço, o nervosismo, a ansiedade. Se você já fez um vestibular ou prova de concurso sabe bem o que é isso. O nervosismo só nos atrapalha. Quando colocamos os nervos no lugar, nos acalmamos e nos concentramos para responder ao questionário, nossas chances de ir bem no teste são bem maiores.

As dificuldades da vida não podem ser encaradas de forma emocional. Ainda que falemos de fé e esperança, não podemos nos apoiar em emoções, por isso, é importante conhecer as promessas do Senhor para nossas vidas, para que nossa esperança tenha fundamento.




Renove-se 

Quando nos vemos em uma situação infeliz, não sabemos bem como reagir. A mistura de sentimentos e emoções nos impede de agir de forma racional. Isso é normal e natural, não podemos condenar as pessoas por agirem de forma humana, mas devemos lembrar que devemos recuperar nosso fôlego e voltar a “apoiar os pés no chão” o mais rápido possível.

Tomemos como exemplo o texto de Isaías 40:29, que diz. “Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem vigor algum”.

Aqui nós lemos um exemplo de como Deus nos orienta a suportar as dores deste mundo e a perseverar na fé. Neste texto, podemos compreender que precisamos nos apegar a nossa fé no Criador. Por nós mesmo, muitas vezes, não conseguimos “digerir” as dificuldades da vida. Sem o apoio de nossa fé, fica difícil ter uma visão mais ampla, de cima, de cada situação.

Mesmo quando estamos cansados, Ele renova nossas forças nele. Para alcançarmos isso, temos que buscar este renovo. Orar, buscar, jejuar e mostrar que nossas aflições não abalam nossa fé em Cristo.

Dom Pixote 

Para tornar este texto mais lúdico, vamos relembrar o antigo desenho de Dom Pixote, um cachorro sempre calmo e sereno. Ele sempre passava pelas aventuras e confusões sem alterar seu humor. Mesmo quando ele ficava bravo e bolava um plano, ele executava com a maior calma. Os desenhos sempre terminavam da mesma formava que começavam, com ele cantando “ó querida, ó querida, ó querida ó Clementina…” Da mesma forma, nosso dia tem que começar com louvor e terminar com louvor, em agradecimento.

Estas passagens que lemos (Tiago 1:12 e Isaías 40:29), nos ensinam que apesar da correria do mundo de hoje (trabalho, estudo, família, igreja, trânsito, contas, banco, filas) o que Deus espera de nós é a nossa paz e que busquemos renovar nossas forças a cada manhã.

Mantenha-se calmo, saiba que Deus renova suas forças. Como diz uma bela música da Cassiane: “está sofrendo louve, seu louvor invade os céus. Então louve”.

Dificuldades até o fim da vida 

As dificuldades da vida não vão terminar com o tempo. Sempre teremos novas preocupações, novos desafios. A vontade de Deus não é ter um povo mimado, que não sabe se virar. Passamos por tantas situações, justamente para renovar nossa fé. Como teríamos fé se não houvessem dificuldades. A segunda tentação de Jesus foi para que ele se jogasse do alto do templo para que os anjos o segurassem. Se fizesse isso, todos veriam que ele realmente era o filho de Deus. Mas Jesus relembrou Deuteronômio 6:16, que nos ensina a não tentar nosso Deus.

O que significa isso? Significa que não devemos ficar fazendo testes para saber se Deus existe ou não. Pois isso é que exerce nossa fé. Se tivéssemos certeza que Deus existe, humanamente falando, não seria necessária nossa fé.

As dificuldades da vida nos ajudam a compreender que podemos crer em um Deus amoroso e perfeito, que nos ama mesmo permitindo que passemos pelas dificuldades, pois seria muito fácil crer em Deus se tivéssemos só momentos bons.

O propósito de Deus nunca foi oferecer uma vida perfeita, pois aqui não é o Reino dos Céus. A vida perfeita temos na Eternidade. Por isso, Jesus nos ensinou “no mundo tereis aflições, mas tenha bom ânimo. Eu venci o mundo”.

Se o próprio ungido do Senhor passou pelo o que passou, quem somos nós para exigirmos uma vida sem sofrimentos.

Quando estiver passando pelas dificuldades da vida creia que são provas para fortalecer sua fé, e agradeça a Deus pela oportunidade de manter sua fé apesar dos problemas. Só para lembrar, isso não significa agradecer a Deus pelos problemas, mas sim, ser grato a Deus apesar dos problemas.

Outros bons textos em nosso site para superar as dificuldades da vida e para equipe de louvor:

pilares de uma equipe de louvor quadrado grande

Um comentário

  • Tatiane

    Deus é tão maravilhoso que eu acabo de entrar nesse estudo de 2016, mas ele confirmou diversos projetos que temos na nossa igreja para o mês que vem por meio do texto, das passagens e até do trechinho do louvor da Cassiane hahah Glória a Deus!
    E muito obrigada por esses materiais maravilhosos. Já li vários mesmo tendo conhecido hoje e pretendo voltar mais vezes aqui.
    A Paz do Senhor seja convosco, Deus abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *