Aula para EBD Juniores sobre o fruto do Espírito 

Share Button

Ao dar uma aula na escola bíblica infantil, devemos tomar muito cuidado com conceitos abstratos, metáforas e figuras de linguagem, por isso, esta aula sobre o fruto do espírito é recomendada para a EBD Juniores ou maiores. Quando falamos de fruto do espírito para crianças menores, elas poderão ter dificuldade de assimilar o que você que você quer ensinar, por isso, se sua turma for menor, explique muito detalhadamente e com cuidado cada fruto do espírito. Se preferir, divida esta aula em duas ou três aulas, para não confundir as crianças. Se a sua turma for de juniores, você já pode desenvolver esta lição com um pouco mais de liberdade e criatividade. 

Em algumas igrejas a EBD Juniores é subdividida em Juniores 1 e 2. Algumas igrejas denominam Juniores os alunos mais velhos, que já estão próximos de chegar à adolescência, com dez ou onze anos. Em outras igrejas a EBD Juniores começa com alunos de sete anos, e denomina Juniores 1 a classe com crianças de 7 a 9 anos, e Juniores 2 crianças com dez anos ou mais. Acreditamos que esta aula é melhor aproveitada para crianças de nove anos ou mais. No entanto, se quiser apresenta-la para crianças com sete ou oito anos, tome o cuidado de deixar tudo bem explicado e fale com calma sobre cada um dos itens. 

Embora nossa tendência seja falar de os frutos do espírito, podemos ver que a bíblica nos remete ao fruto do espírito, no singular. Não achamos que essa diferença de denominação seja importante para uma aula da EBD Juniores, podemos deixar os estudos mais profundos sobre isso para os adultos. Se, em sua aula, você, ou alguém falar no plural, não precisa ser rigoroso, ou se cobrar muito. O que importa é o conteúdo a ser apresentado. Entendemos que o fruto do espírito reúne uma série de virtudes de um cristão verdadeiro. Assim como uma árvore rende bons frutos, o cristão deve deixar frutificar em si estes elementos mencionados por Paulo em Gálatas 5. Vamos analisar cada item e ver como podemos demonstrar cada virtude em nossa vida. 

Outras lições em nosso site que podem te ajudar:

Amor 

O amor é essencial na vida cristã. Quando reconhecemos o amor de Deus em nossas vidas, temos que transbordar este amor aos que estão em nosso redor. Assim como Deus nos amou, devemos amar uns aos outros. Em Filemon, lemos que Paulo pede que Filemon estenda seu amor a Deus, amando seu escravo Onésimo. Isso representa bem como devemos amar todas as pessoas. Em Romanos 5:5 lemos que o amor de Deus nos foi derramado através do Espírito Santo. Ou seja, quando deixamos o Espírito Santo se mover em nós, temos a iniciativa de amar aos outros também. Como podemos demonstrar amor às pessoas? Deixe que as crianças falem, depois dê alguns exemplos: 

  • Não falando mal dos outros 
  • Obedecendo 
  • Não fazendo piadinhas 
  • Fazendo um favor 
  • Dando um presente, mesmo que não seja aniversário 

Alegria 

Pergunte às crianças quando elas se sentem felizes. Depois explique que podemos ter alegrias em muitas coisas, mas quando confiamos em Deus podemos ter uma alegria verdadeira, que nos dá esperança mesmo em situações difíceis. Você pode perguntar “quem consegue ficar feliz quando está passando por uma dificuldade?”. É difícil, mas quando confiamos em Deus nossa alegria é em todos os momentos e não apenas quando as coisas vão bem. Quem só fica feliz quando as coisas estão bem não consegue viver bem, porque na vida a gente passa por inúmeros problemas, mas quando temos esperança em Jesus, nossa alegria é diária. 

Paz 

Explique aos alunos da EBD Juniores que a paz que o Senhor nos oferece, assim como a alegria, é para sempre, mesmo quando passamos por situações difíceis, por isso, Jesus disse que nos dá uma paz diferente da paz que o mundo nos oferece. 

Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo. João 14:27 

Ficamos em paz com Deus quando confiamos que Ele nos perdoa de todo pecado e nos garante a salvação. Por isso, o cristão sente paz mesmo em situações difíceis, pois o cristão sabe que, independente de tudo ao redor, sua paz eterna está garantida. 

Longanimidade 

Eis uma palavra que você vai precisar explicar para seus alunos da EBD Juniores. Algumas versões bíblicas, trazem a palavra paciência; e longanimidade é isso mesmo, paciência. Longanimidade vem de “longo” alguém que é “longo” em sua paciência. Devemos ter paciência com os irmãos, com os professores da escola, com pessoas que não gostamos muito. Peça aos alunos que citem situações que eles ficam sem paciência. Quando vão numa loja com a mãe, quando o pai leva para um lugar que não querem ir, quando o irmão está perturbando. Enfim, explique que devemos ser pacientes também com pessoas que nos perturbam. 

Benignidade 

Aqui, podemos explicar que trata-se de respeito e educação. Devemos tratar todos bem. No ônibus, nas lojas, no prédio, na escola. Cite situações que devemos dar “bom dia” às pessoas e ser educados com todos. 

Bondade 

Este conceito pode ser facilmente aprendido pelos alunos da EBD Juniores. Bondade é ser carinhoso e tratar todos bem, oferecendo favores e ajudando sempre que precisarem. Mais uma vez, as crianças podem citar alguns exemplos. 

Fidelidade 

Pode parecer que é difícil explicar o que é fidelidade para eles, mas não é. Ser fiel é ser confiável, leal. Devolver algo que não é nosso, pagar o que devemos ou o que pegamos emprestado, falar sempre a verdade, obedecer quando não estiver ninguém vendo. Isso tudo representa fidelidade. 

Mansidão 

Ser manso é, basicamente, aceitar ajuda dos outros, ser humilde, não ser grosseiro, não ficar com raiva e, mesmo quando estivermos certos e o outro errado, não criar confusão, não criar briga, aceitar quando alguém pedir desculpas. 

Domínio próprio 

O domínio próprio é saber se controlar. Os alunos da EBD Juniores também podem assimilar bem este conceito com alguns exemplos simples. Não comer todos os doces que vemos, não comer um pacote inteiro de biscoito, não gritar quando estivermos com raiva, saber se controlar quando não gostar de alguma coisa, e assim por diante. 

Cite exemplos

Se puder, ao preparar esta aula sobre o fruto do espírito, em cada item você pode mencionar um exemplo seu, pessoal e também algum exemplo bíblico. Quando você associar uma virtude a um personagem bíblico, vai ficar mais fácil para as crianças da EBD Juniores relacionar este comportamento. 

 



Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *