Como vencer a depressão 

Share Button

O mundo moderno, as cobranças, a falta de esperança tem levado muitas pessoas à depressão. Anos atrás, quando se falava em depressão, muitos torciam o nariz, achavam frescura, que não era nada sério. Hoje, a depressão é tratada como patologia (problema de saúde), com acompanhamento e medicamentos. Neste texto vamos auxiliar pessoas que estão com depressão a compreender melhor seu papel neste mundo. Não oferecemos ajuda médica, ou clínica, mas sim emocional e espiritual, pois acreditamos que a ajuda neste sentido gera mais efeitos positivas que o tratamento clínico.

Em termos gerais, podemos dizer que toda depressão tem associação com algum sentimento de derrota, de dever não cumprido. Seja por questões emocionais, profissionais, sentimentais, dívida, infelicidade ou desilusões. Sentimos que não conseguiremos alcançar nossos objetivos e que, por isso, não temos motivos para “nos iludir” com felicidade, sorrisos ou positivismo.

O caminho para vencer a depressão não pode ser o simples positivismo apoiado em palavras vãs e genéricas. Para vencer a depressão precisamos, acima de tudo, ser honestos conosco mesmo e tentar identificar quais os motivos que nos levam a sentimentos de angústia, infelicidade e insatisfação.



Humilhação 

Quase sempre, a depressão vem associada ao sentimento de humilhação (em nós mesmos), não necessariamente passamos por momento de humilhação, mas sentimos que estamos fracassando em alguma área da vida.

A verdade é que nos momentos de depressão e humilhação é que encontramos os verdadeiros motivos para retomar a autoestima.

Precisamos compreender, em primeiro lugar, que as situações ao nosso redor não estão totalmente em nosso controle. Pelo contrário, temos quase nenhum controle em nossas vidas, a não ser por nossas decisões.

Fazendo uma comparação bíblica, podemos dizer que o sentimento de humilhação e a dor da depressão podem ser usados a nosso favor para revertermos a situação. Ao ser crucificado, Jesus foi humilhado publicamente, mas ao longo da história, essa tornou-se sua principal referência. Mesmo sendo o Filho de Deus, submeteu-se a tamanha humilhação, para nos ensinar que devemos acreditar em algo mais valioso que os valores deste mundo.

Em Colossenses 3:13 a 15 lemos: “E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o que nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz”.

Uma atitude de fé, que desafia qualquer princípio humano, ser humilhado e ainda assim manter sua fé, sem se importar com o que diziam a seu respeito. E este pode ser o primeiro passo para vencermos a depressão. Compreender que nossa fé é mais forte que as dores deste mundo, ou seja, não importa o quanto sofremos, continuamos confiando em um Deus cheio de amor e bondade.

Thundercats

Um desenho antigo, Thundercats, tinha um inimigo Munrrá que era uma múmia e se transformava em um poderoso monstro dizendo algo do tipo “espíritos malignos, transforme esta forma decadente em Munrrá”.

Se você não conhece este desenho, na verdade ele era uma forma decadente, mas se transformava em alguém forte para tentar enfrentar seus rivais. A depressão tem uma aparência forte, mas na verdade é fraca perante sua fé.

O sentimento de fracasso e humilhação nos tira a vontade de ir trabalhar, cuidar dos filhos, ou viver sem alguém que pensávamos que seria nosso par perfeito. Sentimos algo forte dentro de nós que nos impulsiona a ficar em recluso, sem forças, não conseguimos pensar em outra coisa. Essa é a aparência do mal, forte, instransponível, invencível. Por isso, a fé é importante para enfrentar a depressão, pois a fé nos leva a crer em um mundo além do que podemos ver. Um no qual existe um Pai, disposto a nos abraçar, acalmar e mostrar que Ele mesmo se fez escarnecido e zombado, para mostrar que isso não significa o fim, mas que essas situações podem, e devem, ser vencidas.

Guarde sua fé

Não podemos pensar em vencer a depressão sem nos apegarmos a uma fé verdadeira e concreta. Filosofias e autoajuda não são suficientes nestes momentos. O que precisamos é de um Deus vivo e que age hoje como no passado, com sinais, maravilhas e prodígios. Quando nos apegamos a esta fé, compreendemos que é possível vencer a depressão.

Mas temos que ter sempre em mente que nossa demonstração de fé, mesmo em momentos de humilhação é a melhor forma de demonstrarmos que nossas dores não passam de “uma forma decadente”. Quando refletir nos motivos que te levam à depressão, lembre-se que esta sensação pode ser apenas uma forma decadente mascarada de um poderoso problema sem saída.

Outros textos para lutar contra a depressão:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *