Deus existe ou não?

Share Button

Por séculos, até milênios, uma das maiores perguntas da humanidade é se Deus existe ou não? E se realmente um Deus justo existir, e Ele quem for decidir se você passará a eternidade no inferno ou no céu, exatamente como diz a Bíblia? Se você pensar como a maioria, provavelmente chegou à conclusão de que, se Deus existe, deverá te levar ao céu, já que em sua vida nunca matou, roubou ou prejudicou alguém. E além de tudo, se você for uma pessoa generosa e caridosa, certamente Deus verá suas obras e o perdoará de qualquer “eventual” erro cometido. Meu amigo(a), por favor, por amor de ti, gostaria que prestasse atenção nas palavras a seguir…

“Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades como um vento nos arrebatam.” Isaías 64:6. A bíblia certamente não está errada a respeito de nós humanos.

Se Deus existe, criador do universo, que realmente é justo e moral, que não toma decisões baseadas em interesses, todos nós certamente seríamos condenados. Talvez, você pense, “Mas como assim?”. Um bom exemplo, que ouvi dado por um grande homem, poderá nos abrir o entendimento. Imagine se neste exato momento em que você está lendo este texto, eu consiga extrair de sua mente, todos seus pensamentos e sentimentos dos últimos 30 dias – todos mesmo – até daqueles dos momentos mais íntimos…e dele eu conseguisse fazer um dvd, com imagens e sons. E em um dia de festa, quando todos seus amigos e parentes estivessem reunidos, eu aparecesse e colocasse esse dvd, para todos assistirem. Reflita neste momento…com sinceridade. Com certeza, você, assim como eu, iria desejar fugir daquele lugar. Iria querer que um buraco se abrisse ao chão, e que você sumisse perante todos rsrs. Certamente, mesmo que você seja um cristão, pastor, padre, papa, grande parte das pessoas que você ama (se não todas), nunca mais iriam querer olhar para sua cara novamente.

Não deixe de ler também:

Pense: se você traria a inimizade de homens, que são falhos como você, que tomam as mesmas atitudes que você, e praticam os mesmos erros e maldades que você, ao acaso acharia ainda, que o Deus que sonda todos os corações e pensamentos, com sua justiça mais elevada e perfeita, perdoaria você e te daria a vida eterna como recompensa?

Deus é amor?

Se este Deus existe, será que então alguém conseguiria escapar da ira divina?

Deus não é aquele velho tolo que fica o dia inteiro sentado em um grande trono, dizendo que é amoroso e perdoador com todos. O verdadeiro Deus é irado com o pecado e com quem o pratica sem pudor.

Será mesmo que Deus existe, e que Deus é amor? Sim, amor, justo e três vezes santo. Mas quem ama também odeia. Por exemplo, se eu amo bebês, odeio o aborto. Se eu amo o casamento, odeio o divórcio. Se eu amo justiça, abomino a injustiça.

Deus odeia o pecado! Ele te ama! Mas o pecado em você, traz a ira de Deus sobre você, da qual Ele não se conforma. Ele jamais teria o prazer de lançar pessoas ao inferno.


Porém, um juiz pode libertar um assassino?

Amigo(a), se você um dia desejou a morte de alguém, por pior que a pessoa fosse, saiba que diante de Deus, já é como se fosse um assassinato. Se um dia cobiçou alguém que não era seu esposo ou esposa, perante Ele, você é um adúltero(a). Se fez algum “gato” ou deseja fazer um… é ladrão!

Se este Deus existe, quem escapará? Seria impossível!

Seria… se o próprio Deus não tive tomado a decisão mais importante da história do Universo! Ele mesmo, diante da situação, se fez carne, enviando seu Filho unigênito (único) à Terra, abrindo mão de toda a sua glória se tornando 100% homem, como eu e você. E viveu uma vida santa, justa, sem erros. Sendo o único homem da história da humanidade, que não conheceu o pecado. Ele mesmo, decidiu por pagar o preço em nosso lugar. Exatamente! Ele mesmo, sem pecado algum, o único que merecia ser salvo, levou sobre Si, nossos pecados.

Toda a ira de Deus que estava destinada a nós, foi imposta sobre Ele. Toda a ira de Deus que era para nós, foi imposta sobre Ele. Desta forma se fez substituto de nós, homens maus. Satisfazendo o juízo que Deus exigiria de nossas vidas.

manual de questoes dificeis e polemicas hotmartok

 

Ufa…existe um salvador!!

Apenas aceitando seu santo sacrifício, podemos encontrar esperança de sermos salvos. Pois fora imputado pelo próprio Deus que, para todo o homem que quiser se tornar justo perante Ele, deverá crer no sacrifício de seu único Filho, desta forma, recebendo o perdão divino de todos os seus pecados. E isso se chama, salvação pela fé em Cristo Jesus. Não há outra forma meu amigo! Acredito que Deus existe, e tudo o que Ele faz é perfeito e tem um objetivo.

E Deus sabendo, conhecendo, as dificuldades dos homens, (pois sendo Ele mesmo se tornado um de nós), ainda nos envia seu próprio Espírito, que nos ajuda a sermos novas criaturas, desligando, aos poucos, nossa natureza pecaminosa, e nos ligando a uma nova natureza, a natureza de Cristo!! Que nos torna a cada dia mais semelhantes ao seu Filho Jesus.

Assim, deixamos de ser criaturas, para nos tornarmos filhos, co-herdeiros de Cristo. E sendo filhos, e buscando a viver como Jesus, temos nossos pecados perdoados!

E é desta forma somente, que poderemos alcançar a graça de Deus, e sermos salvos para a vida eterna com Ele. Pense na possibilidade que Deus existe e você pode desfrutar de sua herança, a vida eterna.

Medite…

A bíblia, há mais de mil anos vem sendo estudada. Há mais de mil anos homens tentam desmistificá-la, desmentirem, tentando provar que não passa de historinhas criadas por pessoas. Ninguém até hoje obteve sucesso. Pelo contrário, cada dia mais a ciência chega mais perto da verdade nela escrita. A conclusão que Deus existe está cada vez mais evidente.

E homens descrentes, se convertem ao estudá-la (Exemplo: Augusto Cury). Por isso, cientistas, como Albert Einstein, nunca negaram que Deus existe, mas partiram deste princípio para desenvolverem seus estudos. Gostaria que você lesse e meditasse em mais um texto. A profecia sobre o messias escrita por Isaias, do antigo testamento, comprovadamente escrita mais de 700 anos antes de Cristo…

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR? Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos. Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca. Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão. Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniquidades deles levará sobre si. Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.” Isaías 53:1-12.

Recorde dessas palavras e lembre-se que Deus existe e está sempre disposto a te perdoar e estar contigo, todos os dias de sua vida. Deus os abençoe!

Renan Turrini Sens


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *