Dinâmicas para casais

Share Button

Uma boa maneira de deixar as reuniões de casais mais interativas é realizar algumas dinâmicas para casais. A participação das pessoas faz que o grupo se sinta mais amigável e participativo. Essas brincadeiras não precisam ser realizadas em todas as reuniões, mas é uma boa alternativa para aprendermos de forma lúdica algumas verdades sobre o casamento e como lidar com algumas rotinas de um relacionamento. São brincadeiras simples que podem ser realizadas tanto em igrejas pequenas como igrejas com grande número de participantes, basta organização e adaptação. Neste texto separamos algumas dinâmicas que podem ser colocadas em prática por todo grupo de casais.

As dinâmicas para casais podem ser realizadas antes da palavra da reunião, como introdução do que será dito. Outro uso muito comum destas brincadeiras é em retiros. Além de divertir o grupo, as dinâmicas ajudam a refletir sobre assuntos que muitas vezes não pensamos. Selecionamos algumas dinâmicas que podem servir de gancho para um assunto a ser abordado num encontro de casais.

Comunicação em dia

Esta é uma das dinâmicas para casais mais criativas e desafiadoras que existem. É uma ótima oportunidade de falar sobre saber comunicar e saber ouvir. Um dos parceiros vai receber um desenho, mas não pode mostrar para o outro. A outra pessoa vai receber um papel em branco e uma caneta, ou lápis, para tentar desenhar a mesma coisa. O desafio é que a pessoa com o desenho é quem vai ficar dizendo o que o outro deve desenhar, sem fazer gestos, apenas falando. Os desenhos devem ser traços simples, mas abstratos. Exemplos de desenhos.

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Caixa misteriosa

Esta brincadeira é bem divertia e pode ser realizada indicada para outros grupos, como o de adolescentes ou jovens. Esta é uma das dinâmicas para casais mais simples de fazer, e interessantes de participar. O líder deve pegar uma caixa de sapato e encher de papel, jornal, pano, ou qualquer outra coisa que dê um certo volume na caixa. No fundo da caixa o líder deve colocar uma barra de chocolate, ou qualquer outra guloseima, e um papel escrito “coma o chocolate”.

No início da brincadeira, o líder explica que vai brincar de batata quente e os participantes devem repassar a caixa um para o outro. No final, quem ficar com a caixa vai ter que cumprir a tarefa que estiver proposta lá dentro. O líder pode amedrontar os participantes dizendo que tem que cumprir, mesmo que seja difícil, ou que não pode ficar com vergonha. Enfim, os participantes devem ficar com medo de serem castigados. A brincadeira começa ao estilo batata quente. O líder pode ficar de costas para o grupo, cantando uma música, ou pode colocar um som tocando, e parar de repente. Quem ficar com a caixa na mão pode escolher em cumprir a tarefa secreta ou sair da roda. Se escolher sair da roda, a brincadeira continua até alguém decidir que vai cumprir a tarefa, ou até o último participante ficar com a caixa na mão, aí ele não tem escolha, vai ter que cumprir a tarefa. Ao ver que sua tarefa será comer o chocolate, todos vão perceber que a tarefa era boa.

Esta dinâmica serve para mostrar que muitas vezes ficamos com medo de uma situação, sem necessidade. Quando confiamos em Deus, podemos enfrentar as dificuldades sem ficar sofrendo antecipadamente. Recomendamos a leitura de 1 Pedro 5:7.



Para frente e para trás

Para esta dinâmica, o líder precisa fazer uma marcação no chão. Pode ser com fita adesiva, durex, linha etc. Esta marcação vai servir como uma espécie de “marco zero”, posição inicial da brincadeira, linha de partida. Os casais devem ficar alinhados nesta marcação.

O líder vai fazer algumas perguntas sobre o relacionamento. Perguntas simples que sejam respondidas com SIM e NÃO. Para cada resposta SIM, o participante dá um passo à frente, e para cada resposta NÃO, um passo para trás. Vence quem , ao final das perguntas, estiver mais à frente.

O líder precisa tomar cuidado com as coerências das perguntas, lembrando que SIM deve sempre ter um caráter positivo. Por exemplo, não faz sentido perguntar “o casal teve algum bate boca nesta semana?”, pois se o casal responder SIM vai dar um passo à frente, mas se eles brigaram nesta semana isso não é bom, não é mesmo? O ideal seria perguntar “o casal conseguiu ficar sem bater boca nesta semana?”

Exemplos de perguntas que podem ser feitas:

  • Você disse “eu te amo” hoje?
  • Você lavou a louça nos últimos três dias?
  • Você preparou uma refeição nesta semana?
  • Vocês assistiram um programa de televisão (ou um filme, por exemplo) sozinhos (sem os filhos) nesta semana? Um programa que os dois gostam de ver.
  • Você fez massagem em seu parceiro nesta semana, sem “segundas intenções”?
  • Você comprou algum presente para seu parceiro nesta semana?
  • Você fez alguma surpresa para seu parceiro nesta semana? Não necessariamente ter comprado algo, mas uma refeição, levar para sair etc.
  • Vocês conversaram sobre a próxima viagem de férias, nesta semana?
  • Seu parceiro sabe tudo o que você comprou (com o que você gastou) nesta semana?
  • Seu parceiro te levou para passear nesta semana? Sem você pedir.

Este exemplo é bem simples para que busca dinâmicas para casais que possam ser realizadas sem muita produção.

Vale cartão

Esta atividade também é bem simples e deve ser feita com grupos que se reúnem sempre. Cada pessoa receberá 3 cartões. Em cada cartão a pessoa deve escrever um favor ou mimo que deseja receber de seu cônjuge nos próximos dias. Cada cartão só deve ser uado uma vez, como uma forma de pagamento. Exemplos de mimos: uma massagem, levar para passear, um café da manhã na cama, um jantar romântico, um almoço em restaurante que escolher, ganhar um chocolate etc.

O objetivo é conhecer melhor o que o parceiro gosta de receber, para que não precise ficar pedindo sempre. Ressalte também que, com a comunicação em dia, não é preciso que cartões sejam feitos, a simples conversa pode gerar estes mimos periodicamente. Esta é uma das dinâmicas para casais que podem ser feitas para que a liderança prepare o grupo para uma reunião específica.

Perguntas ocultas

Esta brincadeira costuma ser bem popular entre os casais. É uma daquelas dinâmicas para casais que podem ser feitas em retiros, ou reuniões que o grupo já se conheça um pouco. Cada participante responde uma série de perguntas sobre seu parceiro e depois comparam as respostas para ver quem acertou mais. É importante ressaltar que para cada pergunta devem existir dois campos de resposta, uma para a resposta de quem está escrevendo e outra para que ele coloque o que acha que o parceiro vai responder. Por exemplo, para a pergunta “qual a sua cor favorita?”, a esposa tem que responder sua cor favorita e qual a cor favorita do marido.

É importante que os casais sejam separados, se possível em diferentes salas, ou ambientes. Se não for possível, a dica é coloca-los de costas um para o outro, e distantes, para que não soprem respostas, ou deixem escapar alguma resposta.

Cada participante recebe uma folha com as perguntas. Para facilitar, e não haver confusão, para cada pergunta coloque dois campos. Coloque no primeiro campo “sua resposta” e no outro campo “meu parceiro vai responder”.

Exemplos de perguntas:

  • Qual o prato mais saboroso que já comeu?
  • Qual a sobremesa favorita?
  • Qual a melhor viagem que já fez?
  • O que mais gosta de fazer quando tem um dia livre?
  • Qual seria a viagem dos sonhos?
  • Qual o dia que se sentiu muito triste?
  • O que faria se ganhasse R$ 10 mil hoje?
  • O que faria se ganhasse R$ 1 milhão hoje?
  • Se pudesse escolher qualquer país (ou cidade) para morar, qual seria?
  • Qual o programa de televisão preferido?
  • Qual o site que mais gosta de visitar?
  • O que mais gosta de ver no Youtube?
  • Qual cantor (ou grupo musical) gospel favorito?

Cartão invertido

Esta dinâmica é simples e é mais uma brincadeira para descontrair. O líder distribui cartas para os maridos. A carta estará fechada, e por fora, o marido só vai escrever seu nome e o da esposa “de: Fulano Para: Fulana”. O marido não pode ler a carta, só vai assinar e entregar para as esposas. As mulheres vão ler a carta. Provavelmente ficarão furiosas. O líder vai escolher uma mulher para ler o bilhete em voz alta. Depois, vai escolher um marido e pedir para ele ler o bilhete, só que de traz para frente. O bilhete será o seguinte:

Não te amo mais.

Estarei mentindo dizendo que

Ainda te quero como sempre quis.

Tenho certeza que

Nada foi em vão.

Sinto dentro de mim que

Você não significa nada.

Não poderia dizer jamais que

Alimento um grande amor.

Sinto cada vez mais que

Já te esqueci!

E jamais usarei a frase

EU TE AMO!

Sinto muito, mas tenho que dizer a verdade

É tarde demais…

Após a leitura desta carta, diversos assuntos podem ser colocados em pauta. Pode-se falar de como é importante a comunicação do casal. Saber falar as coisas bem claramente as coisas. Não sair interpretando as coisas como vêm na nossa cabeça. Ou ainda, sobre fazer surpresas, pois assim como as esposas ficaram surpresas ao ler a carta de trás para frente, pequenos mimos mudam o humor de uma pessoa instantaneamente.

Boa reunião

Essas são algumas dinâmicas para casais que podem ser realizadas em qualquer situação, reunião rotineira ou retiros. Também pode ser adaptadas para grupos pequenos ou grandes. O líder deve sempre estar atento às opiniões do grupo para realizar quaisquer tipos de mudanças nas dinâmicas, a fim de torna-las mais agradáveis e divertidas para o seu grupo.

Leia também:


5 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *