Dinâmicas para grupo evangélico 

Share Button

Para trabalhar com jovens e adolescentes, a liderança precisa ter sempre uma carta na manga para iniciar uma reunião, “fazer hora” antes de algum evento ou, por exemplo, quando tiver um tempo extra e não saber o que fazer. As dinâmicas para grupo evangélico são ideais para estes momentos, e também para fazer que os jovens e adolescentes se enturmem de uma forma suave, sem deixar ninguém sem graça. Selecionamos algumas atividades que podem ser feitas e adaptadas em todas as igrejas, sejam grandes ou pequenas, essas dinâmicas servem de grande auxílio ao líder. Se você gostar destas atividades, recomendamos que você imprima ou guarde esta página em seus favoritos (CONTROL+D), para consultar sempre que quiser.

Para melhor facilitar a listagem destas dinâmicas para grupo evangélico vamos separar por finalidade. As primeiras três atividades são para o grupo se conhecer melhor. Recomendadas para o começo do ano, quando um grupo novo está se formando, ou em eventos com outras igrejas. Depois listamos mais três atividades para que as pessoas se conheçam um pouco melhor e se abram um pouco mais para os demais jovens. O líder dos jovens e adolescentes pode escolher uma ou outra dinâmica para um determinado evento, ou para complementar um determinado assunto. À medida que as atividades acontecem, veja se o grupo dá opiniões para mudar a dinâmica. Sempre aceite as sugestões e, se achar necessário, faça as adaptações que os próprios participantes pedem, assim eles se sentirão valorizados e se sentirão mais à vontade para darem opiniões em outros momentos.

Crachás trocados 

Esta dinâmica recomendada para grupos que estão começando, ou para eventos onde hajam muitas pessoas que não se conhecem. Para que esta dinâmica seja feita, é preciso que todos os participantes tenham um crachá. Peça para que todos fiquem de pé e circulem pela sala. Estabeleça um tempo para as pessoas se conheçam, sem falar nada, elas devem apenas ler o crachá para tentarem memorizar o nome das pessoas. Dependendo do tamanho do grupo dê um a três minutos para o grupo “se estudar”. Depois deste tempo peça que todos tirem o crachá e levem à frente. O líder pode ter uma mesa ou uma caixa para colocar todos os crachás e misturá-los. Depois, distribua os crachás aleatoriamente. Os participantes devem entregar o crachá corretamente para o seu dono. A base da dinâmica é essa.

Se o líder achar melhor, ao fim desta aditividade, ele pode chamar um participante para se apresentar e dizer para quem ele entregou o crachá. Esta pessoa se apresenta e também diz para quem entregou o crachá. E assim a dinâmica segue até que todos tenham se apresentado. Esta segunda parte é opcional.

Classificados 

Esta é uma boa dinâmica para grupo evangélico que não seja tão grande, pois pode demorar muito. Cada participante recebe um cartão para se descrever como se estivesse oferecendo-se para um serviço, sem escrever seu próprio nome. O ideal que este anúncio tenha o que a pessoa gosta de fazer e o que gostaria de fazer como profissão. Em seguida estes “anúncios” podem ser fixados em um quadro, ou uma parede. Quando todos tiverem colocado ali seu anúncio, a segunda parte da dinâmica será feita. Uma pessoa do grupo deve ser chamada para pegar um anúncio aleatório (sem ser dela mesma, claro) para tentar descobrir de quem é aquele anúncio. A dinâmica prossegue até que todos os anúncios sejam retirados.

Exemplo de anúncio: sou palmeirense e adoro jogar vídeo game. Me ofereço para trabalhar de advogado em escritório. Outro exemplo: gosto de filmes de comédia romântica e sempre vejo vídeos no Youtube de beleza. Me ofereço para trabalhar de consultora de moda.

Reparem que a profissão que a pessoa se oferece é para fazer algo que ela sonhe em fazer e não necessariamente o que ela faz atualmente. Em um grupo de jovens, que já trabalham, os participantes podem colocar a profissão que já executam, ou que sonham (ou já sonharam) em ter.

Qualidades 

Esta atividade é simples e rápida. Pode ser feita em grupos maiores porque não exige material e é rápido de fazer. O líder começa se apresentando dizendo seu nome e uma qualidade sua com a mesma letra que começa o nome. Por exemplo, meu nome é Roberto e eu sou rápido. Depois a pessoa da esquerda faz o mesmo. Quando todos tiverem se apresentado, o líder apresenta a pessoa ao lado e diz uma qualidade (ou característica física) da pessoa que ele está apresentando. Por exemplo: este é o Thiago e ele é talentoso. Se o líder quiser, depois desta apresentação da pessoa à esquerda, a rotina pode voltar a ser feita, mas apresentando a pessoa à direita.

Outra variante desta dinâmica é que os participantes citem uma lista pré-determinada) de coisas que gostam com a mesma letra do nome. Exemplo de lista pré-determinada: nome, comida, lugar que gostaria de conhecer e o que gosta ver na tv ou computador. Com uma lista pré-determinada, cada participante se apresentaria assim, por exemplo: meu nome é Ricardo, gosto de comer romãs, eu gostaria de conhecer o Rio de Janeiro e gosto de assistir o programa Receitas de Viagem.

Valores 

As atividades anteriores são indicadas para grupos que precisam se conhecer melhor. Vamos começar a ver algumas dinâmicas para grupo evangélico que já tem alguma convivência. Essas brincadeiras são recomendadas para um grupo que já se conheça há três quatro meses ou mais. Nesta dinâmica cada pessoa deve colocar um papel em branco nas costas (com durex ou similar). Cada pessoa também deve ter uma caneta em mãos. Quando todos estiverem prontos peça para que andem pela sala. Os participantes devem escrever no papel dos outros uma característica da pessoa. Por exemplo. O João escreve no papel que está nas costas do Carlos “inteligente”, mas ninguém pode saber o que estão escrevendo em suas costas. Quando os participantes tiverem cinco ou seis características escritas, a brincadeira pode terminar.

  • Depois, todos podem sentar e ler o que escreveram sobre ele. O objetivo é ressaltar as qualidades boas de cada um e que juntos, um complementa o outro. Uma boa leitura para concluir esta atividade é Efésio 4:1 a 16.

Questionário 

Uma das dinâmicas para grupo evangélico mais simples de organizar é esta. Em um papel, todos os participantes devem responder a uma série de questões que podem ser variadas ou podem ser voltados para um assunto específico. No entanto, não precisam se identificar. Depois de responderem ao questionário, os participantes entregam o papel ao líder, que vai misturar todos e ler um a um para que o grupo tente acerte de quem é o questionário que está sendo lido.

Exemplo de perguntas variadas: personagem bíblico favorito, livro bíblico favorito, música ou grupo gospel favorito, programa ou canal de tv favorito, lugar que tem vontade de conhecer, se você pudesse fazer uma lei qual seria, o que faria se soubesse que o mundo acabaria amanhã (ano que vem, ou mês que vem), o que você mudaria na igreja, o que você mais gosta na igreja.

Exemplo de perguntas de um assunto específico (no caso, a vida de Paulo). Qual característica do apóstolo Paulo você se identifica, qual característica de Paulo você não tem mas gostaria de ser, qual momento da vida de Paulo você mais admira, qual você acha que foi o maior legado de Paulo.

Palavra chave 

Esta é uma das dinâmicas para grupo evangélico mais flexíveis que existe, pois pode ser adaptada de forma diferente, para grupos diferentes, e pode ser repetida inúmeras vezes. O líder escreve diversas palavras em cartões e embaralha os cartões. Cada participante tira um cartão e fala um pouco sobre aquela palavra. Assim como na brincadeira do Questionário (acima), as palavras podem ser variadas ou relacionadas a um assunto ou estudo específico.

Exemplo de palavras variadas: justiça, autoridade, submissão, cristianismo, hipocrisia, fé e razão, trabalho, convívio com não cristãos, músicas “do mundo”, programas de televisão, internet, namoro, filhos, família, emprego, política.

Exemplo de palavras de acordo com um tema (no caso José filho de Jacó): perdão, raiva, injustiça, calma, sabedoria, inveja.

Outras dinâmicas 

Em outros textos vamos listar dinâmicas para grupo evangélico de jovens e adolescentes com propósitos variados. Também vamos sugerir algumas brincadeiras e gincanas. Para não perder as atualizações de nosso site, inscreva seu e-mail no campo “receba atualizações por e-mail” na coluna direita de nosso site. Se você conhecer outras dinâmicas e quebra gelo compartilhe conosco nos comentários.

Além dessas dinâmicas para grupo evangélico, temos outros bons textos para os líderes. Se você está iniciando um trabalho com jovens e adolescentes, leia também:

 




11 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *