Entendendo o que é trindade no cristianismo 

Share Button

Um conceito que muitas pessoas têm dificuldade de entender quando se convertem ao cristianismo é o da trindade. Explicar o que é trindade não é tão complicado, mas sim mostrar as referências que nos levam a crer que Deus é uma trindade, pois este conceito não é claro na Bíblia, por isso mesmo muitas linhas cristãs até defendem que não existe trindade. Colocar Deus Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo como uma coisa só, compondo a trindade é uma ofensa para muitas pessoas. Para o judaísmo, por exemplo, adorar a Jesus como Deus é uma injúria, por mais que se aceite que ele tenha sido um grande profeta.

Basicamente, acreditar na trindade é crer que Deus é formado por três elementos separados, que juntos formam um único Deus; Deus Pai, Deus Filhos (Jesus Cristo) e o Espírito Santo. Existem muitas maneiras simples de explicar o que é trindade. A mais comum é comprar com um ovo, que é composto por três elementos separados que juntos formam o ovo. A clara, a gema e a casca possuem características diferentes, mas estão juntos. Para alguns essa comparação ainda não é precisa, pois a grandiosidade do Senhor não poderia ser comparada com um ovo. Então, vamos seguir o estudo.




Indicações da Trindade 

Ao ler a Bíblia não lemos a palavra “trindade”, por isso, muitos não acreditam que essa trindade exista. Após anos de estudo, os cristãos chegaram a essa conclusão, de que Deus Pai, Deus Filho e o Espírito Santo não são três deuses separados ou possuem hierarquias diferentes. São todos um só Senhor, que sempre existiram e sempre existirão. São eternos em um só Criador.

  • A leitura do Antigo Testamento no idioma original pode nos dar uma pista que Deus é plural, pois em algumas passagens o termo Elohim é usado. Elohim é uma palavra no plural, assim como alguns pronomes usados em alguns trechos, como Gênesis 1:1, Gênesis 1:26 e Isaías 6:8. Em Gênesis 22:11, 15 e 16 utiliza-se o termo “anjo do Senhor”, que pode ser uma alusão a Cristo ou Espírito Santo.

No Novo Testamento este conceito de trindade é mais clara. O Pai, obviamente é Deus, como em João 6:27. Em Hebreus 1:8 lemos que Jesus é Deus. Além disso ele estava desde o princípio e não haverá fim. Ele é onipresente, onisciente e onipotente, características que só podem ser atribuídas ao Criador. Em Atos 5:3 e 4 lemos que o Espírito Santo também é Deus. Em Mateus 28:19 lemos que Cristo orienta seus discípulos a converterem vidas batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ele coloca os três no mesmo patamar. Ao finalizar a carta de 2 Coríntios, Paulo também alinha os três como uma coisa só.

O Espírito Santo faz obras que somente o Senhor pode fazer (Romanos 8:15 e João 14:16). As características únicas de Deus também estão presentes no Espírito Santo, que é onipresente (Salmos 139:7), onisciente (1 Coríntios 2:10 e 11) e onipotente (Gênesis 1:2). Além disso Ele é santo, como somente o próprio criador o é (Lucas 11:13). Em Joel 2:28 a 32 e Zacarias 12:10 também lemos que o Espírito Santo levará à salvação e plenitude nos dias da tribulação.

Para compreender melhor um pouco o que é trindade, vamos explorar um pouco as características de cada um de seus “elementos”.

Deus Pai 

O conceito de Deus Pai é muito fácil de compreender. O criador de todas as coisas é um conceito muito bem aceito por diversas crenças, e não apenas no cristianismo. Quando queremos compreender o que é Trindade precisamos entender que o Senhor é criador de todas as coisas, como diz Apocalipse 4:11 “… porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas”. Aqui vemos que Deus é todo poderoso para criar todas coisas e agir como bem entender.

  • Uma característica única de Deus é que ele é oniciente, ou seja conhece todas as coisas. Em Hebreus 4:13, por exemplo, diz que “Não há criatura nenhuma encoberta diante dele.
  • Deus Pai é Santo, perfeito, como se pode ler em 1 Samuel 2:2.
  • O Pai é Espírito. João 4:24 revela que “Deus é espírito, e os Seus adoradores precisam adorar em espírito e em verdade”.
  • Podemos conhecer Deus Pai, pois lemos em Tiago 4:8 “chegai-vos a Deus e Ele se achegará a vós”. O Salmo 145:18 diz “Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade”.
  • Deus Pai habita em nós, como diz 1 Coríntios 6:19 e 20; e é um Senhor amoroso 1 João 3:1.

Essas características de Deus Pai são importantes ao estudarmos o que é trindade para vermos como suas características únicas são idênticas às de seu Filho Jesus e do Espírito Santo

Deus Filho 

Para entender o que é trindade, recomendamos a leitura de João 1:1 a 14. Neste trecho, João revela que Jesus é o verbo que existe desde o princípio e nada seria criado sem ele. Se não fosse o próprio Deus, Jesus não seria eterno.

Jesus veio ao mundo para resgatar a humanidade do poder da morte e de satanás (1 João 3:3 a 8), nos dando a oportunidade de restaurar nossa comunhão com Deus Pai. Através dele temos acesso à vida eterna (1 João 5:11 e 12). Entre seus objetivos, nos mostrou o verdadeiro amor de Deus (1 João 4:9 e 10).

Em seu ministério, mostrou o poder de Deus, curando, expulsando demônios e ressuscitando mortos. Fazendo sinais que somente alguém onipotente poderia realizar.

Jesus sofreu e morreu na cruz por nós. 1 Pedro 2:24 e Isaías 53:5 e 6 são bem claros ao mostrar que o messias levaria nossas dores. Ele nos redime de toda culpa. Seu sangue nos purifica de todo pecado e podemos entrar na vida eterna. Se não fosse o próprio Deus, Jesus não poderia nos perdoar dos pecados. Sua ressurreição no trouxe a convicção do amor e poder de Deus.

Essas características de Jesus nos faz compreender o que é trindade porque nos mostra que, apesar de ser uma pessoa que agia por si, Jesus e Deus Pai são uma coisa só.

Espírito Santo 

Para finalizar esta palavra sobre o que é a Trindade, precisamos entender que o Espírito Santo também é o próprio Deus, como está em Atos 5:5 e 3, onde Pedro questiona Ananias porque ele pecou contra o Espírito Santo. Sem a morte de Cristo o Espírito Santo não seria enviado aos seus seguidores (João 16:7 e João 14: 16 e 17). O próprio Jesus nos ensinou que as blasfêmias contra o Espírito Santo não são perdoáveis.

Uma das funções do Espírito Santo é testificar nosso relacionamento com Deus (Romanos 8:16). Ele nos fortalece, nos guia, nos ajuda, vivifica nossos corpos, nos enche de poder para testemunhar sobre Cristo, glorifica Jesus e convence o pecador. Leituras recomendáveis: Romanos 8:11, Atos 1:8, João 16: 13 a 15. João 17:7 e 8.

Finalização 

Se não há nenhuma referência clara na Bíblia sobre o que é trindade, podemos compreender que as características únicas de Deus Pai, Deus Filho e do Espírito Santo nos leva a entender que são eternos, onipresentes, oniscientes e onipotentes, portanto não podem ser um superior ao outro. Por isso, a maior parte dos cristãos entende que a trindade é clara e essencial para um bom relacionamento com Deus em nossa fé.

Esperamos que esta breve explicação sobre o que é trindade tenha lhe ajudado a compreender esta visão, que realmente não é simples de compreender, por isso, devemos sempre pedir orientação a Deus para que nos mostre seus caminhos. Este site acredita que a crer e aceitar a trindade é fundamental em nossa caminha de fé.

Outros textos interessantes sobre a fé evangélica:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *