Esboço de pregação para casal sobre sexo 

Share Button

Um dos assuntos mais delicados para se falar na igreja é sexo, por isso, preparar uma pregação para casal sobre intimidade e sexo deve ser muito cautelosa e bem direcionada. Ainda que sua igreja seja mais tradicional e prefira não abrir o assunto, lembramos que o sexo faz parte da vida de todos, por isso, ensinar sobre isso é importante para que cada casal cresça na fé e tenha um relacionamento íntimo que seja aceitável ao cristão. Neste esboço queremos mostrar que o homem (raça humana) foi criado para sentir prazer no sexo, pois se essa não fosse a vontade de Deus, não teríamos prazer no ato sexual.

Este texto foi desenvolvido com ajuda do livro Sexo e Intimidade, de Ed Wheat e Gaye Wheat, casal cristão que aborda o assunto com naturalidade e destreza. Ed é um médico conceituado que decidiu colocar seus ensinamentos no livro a pedido de muitos especialistas, clientes, amigos e sua esposa, Gaye. Recomendamos que, para uma pregação para casal mais eficiente, o leitor adquira o livro. Se você nunca falou de sexo na reunião de casais de sua igreja, este texto é um bom começo para você desenvolver sua pregação, pois vamos tratar apenas do básico, sem nos aprofundarmos em assuntos e temas polêmicos.




O tabu 

Falar de sexo é um tabu porque muitos de nós associamos o sexo de maneira errada, e temos medo de fomentar o que não devemos em nossos irmãos. Por isso, é necessário uma abordagem inicial que mostre ao casal que o sexo faz parte dos planos de Deus para o casamento. O grande problema é sua prática fora dele. Na última década, com a massificação da internet, outro problema que assola as nações é a pornografia, que corrompeu o sexo criado por Deus, tomando para si características que não deveria. Quando pensamos em falar de sexo na igreja, temos o medo de falar o que não devemos, mas se temos amor às vidas e desejamos que o casal tenha um relacionamento sério e aceitável, é impossível não falar de sexo, que faz parte da vida de todos, como alimentação, trabalho ou criar filhos.

Tornamos assim, o sexo impuro e perverso. Muitos casais se sentem “sujos” após o ato sexual. Há quem, por exemplo, evite o sexo em dia de culto. Ressaltamos, no entanto, que se a pessoa resolve evitar sexo em qualquer dia com naturalidade e em acordo com seu parceiro, não está errado. Só queremos deixar claro que não podemos deixar que a sociedade se aproprie do sexo criado por Deus para nos subjulgamos e nos condenarmos em algo que não é pecado, não é errado. O que falar de Cantares? No entanto, em uma análise mais cuidadosa, percebemos que quase todos os livros da bíblia façam menção de sexo. Vamos analisar outro trecho da bíblia.

Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente. Provérbios 5:18,19. 

O autor nos dá uma clara visão sobre o sexo no casamento. Na sequência é possível ler que o autor questiona por que deveríamos nos afagar em outros seios. Se você está preparando uma pregação para casal, leia o restante de Provérbios 5 e perceba como a orientação de que o casal se mantenha fiel.

Parentes e familiares 

Desde o princípio da humanidade a orientação é para que homem e mulher se tornem um. Em sua pregação para casal leia Gênesis 2:17 a 24 e enfatize o versículo 24.

Queremos que cada casal entenda que após o casamento devemos deixar de ser dependente de nossos pais ou sogros. Além disso, a responsabilidade de manter o casal unido é do homem. Por fim, devemos nos tornar uma só carne, e isso ocorre através da intimidade sexual.

Sexo e pecado 

O casal foi criado para o prazer. Um satisfazer a vontade do outro, por isso, é curioso perceber que Adão e Eva estavam nus mas não se envergonhavam. Não são poucos os cristãos que afirmam que a queda do homem foi o sexo e que o pecado entrou no mundo pelo sexo. Tal referência não é bíblica. Aliás, Jesus reforçou a ideia de homem e mulher serem um (Mateus 19:4 a 6; e Marcos 10:6 a 9).

Um texto chave para sua pregação para casal é Efésio 5:31 a 33.

Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido. Efésios 5:31-33. 

O ato de homem e mulher se tornarem um é comparado ao amor de Cristo à Igreja. Por isso, devemos ressaltar também que não estamos falando apenas de sexo, mas de sexo no casamento. Por isso, lemos diversas passagens bíblicas que utilizam o termo “conhecer” como referência ao sexo. Precisamos conhecer a quem estamos nos relacionando intimamente.

Vamos concluir este esboço de pregação para casal com o seguinte texto.

O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência. 1 Coríntios 7:3-5. 

Curiosamente, a instrução é que homem e mulher (casados) não se apartem de seus relacionamentos íntimos, ato sexual, salvo por consentimento mútuo.

Como mencionado no início do texto, se o casal decide não ter relação no dia do culto, isso é uma decisão íntima e deve ser respeitada, mas os que assim procedem, não devem condenar aqueles que não fazem essa observação.

Falar de sexo na igreja é sempre um trabalho árduo e cauteloso. Nossa dica é começar mostrando que não existem segredos. O sexo foi criado por Deus para que homem e mulher se conheçam e desfrute deste prazer juntos, um servindo ao outro, de forma respeitosa e amorosa, como é o relacionamento de Cristo com a Igreja. Se o pecado tornou tudo impuro, em especial o ato sexual, não podemos condenar o sexo por causa dos erros cometidos no passado. O sexo é puro e saudável, desde que feito nessas condições citada acima; entre pessoas casadas, em comum acordo e respeitosamente. O sexo é criação de Deus para que possamos desfrutar com alegria deste momento de intimidade com nossa esposa (ou nosso marido) com alegria, fortalecendo a união e família.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *