Esboço de pregação para mulheres sobre sensualidade 

Share Button

Quando se fala em lascívia, normalmente ligamos tal comportamento ao homem, mas já não é de hoje que cresce o número de mulheres que também apresentam problemas relacionados ao desejo sexual inadequado. Por isso, acreditamos ser importante falar deste assunto em uma pregação para mulheres. De origem grega, a palavra lascívia designa desejo exagerado pela sexualidade, de forma imoral. Para piorar a situação das cristãs que passam por esta luta, é mais comum hoje do que em tempos antigos, pois psicólogos e sexólogos não condenarem abertamente tal comportamento. Defende-se que no pensamento tudo é permitido, “o importante é encontrar o prazer para si mesmo, não importa como”, assim o pensamento sexual inadequado é estimulado. Crescem as vendas de produtos e fantasias eróticas para o público feminino. Mulheres em busca de fantasias sexuais e satisfação pessoal na área sexual. A sensualidade parece não ter nada de ruim. Para combater esse mal, precisamos falar deste tabu em pregação para mulheres solteiras ou casadas. 

Como já mencionamos, a lascívia é a busca pelo prazer sexual sem se importar com os limites pessoais ou sociais. Também podemos dizer que a definição de lascívia é o desejo desenfreado pelo sexo, começando pelos pensamentos impuros, que, alimentados pela imaginação, podem levar a pessoa a atos de luxúria, entregando-se à libertinagem, atitudes realizadas sem preocupação com moral ou limites. 




Para os homens pode ser óbvio identificar pensamentos impuros. Basta olhar para uma mulher bonita ou uma modelo de biquíni, por exemplo, para que a sexualidade se aflore. Para as mulheres, no entanto, dificilmente, a sexualidade é aflorada pelo simples olhar. As mulheres tendem não serem tão superficiais, mas também podem ter atitudes que despertem sua sensualidade, ou instiguem a sensualidade masculina. Usar roupas decotadas, calças justas ou saias curtas podem ser um indício de mulheres com problemas de lascívia. Você pode dar outros exemplos, se seu objetivo é montar uma pregação para mulheres evangélicas.  

Atraindo o sexo oposto 

Uma mulher que se sente bem chamando a tenção dos homens é sinal de que tal pessoa sofre com o problema de lascívia feminina. Um bom texto para basear sua pregação para mulheres é o seguinte. 

“Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te prendas aos seus olhos”. Provérbios 6:25 

Neste trecho o autor fala de adultério e tentações sexuais, não somente ao homem, mas também a mulher pode entender, ao ler este versículo, que muitos de nós começamos a ter pensamentos impuros, seguidos de atitudes imorais, a começar quando nos achamos formosos, nos conforta saber que pessoas do sexo oposto sente atração por nós. Seria como a vaidade, o desejo que os outros nos admirem. 

Assim muitas mulheres despertam em si a lascívia, que vai tomando sua mente e rende maus frutos, ainda que depois de anos. Ao contrário do homem, os resultados desastrosos da lascívia feminina não são imediatos, ou de curto prazo. Diga, em sua pregação para mulheres, sobre o desejo crescente em se sentir desejada, que alimenta-se por anos, e os problemas só aparecem depois de anos. Outro versículo que você deve anotar para desenvolver uma pregação para mulheres cristãs é: 

“Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça”. 2 Timóteo 2:22 

Fotos sensuais na internet 

Outra forma de identificar mulheres com problemas de lascívia é pelas fotos que postam na internet. Infelizmente, não é raro mulheres cristãs postarem fotos que estimulam o apetite sexual masculino. Ainda que não apareçam “posando” sensualmente, postam fotos com decotes, biquínis, roupas justas ou curtas mostrando o corpo com intenção, ainda que mascarada, de mostrarem seus corpos. 

Jesus foi bem radical ao dizer “se um olho teu te fizer pecar, arranca-o” – Mateus 5:29. O que Jesus quis dizer é que aquilo que nos leva a pecar deve ser arrancado de nossas vidas sem ressentimento. 

Em uma pregação para mulheres, você deve estimular que as pessoas comecem a se policiar para analisarem o que postam na internet. Talvez, até seja aceitável que alguém diga que não vê maldade, ou que postou tal foto sem intenções, mas se a pessoal já está aprendendo sobre isso agora, não custa nada analisar melhor o que posta na internet. 

Alimente o espírito e não a carne 

Um versículo chave para essa pregação para mulheres está em Gálatas. Como podemos ler em Gálatas 5:19, a lascívia é um fruto da carne, que amadurece quando alimentamos os desejos carnais. Quando somos levados a pensar como os que não são cristãos, que o importante é a satisfação, não importa como, estamos tomando a atitude errada.  Quando achamos que temos o “direito de me satisfazer sexualmente”, sem levar em consideração valores morais e familiares. 

Em Jeremias 11:15 podemos ler uma passagem interessante sobre lascívia – “Que direito tem a minha amada na minha casa, visto que com muitos tem cometido grande lascívia? Crês que os sacrifícios e as carnes santificadas poderão afastar de ti o mal? Então saltarias de prazer”. 

Neste trecho, o autor do livro descreve uma mulher adúltera que ainda acredita que os sacrifícios e rituais religiosos podem lhe purificar. Assim, muitas pessoas não saem da lascívia feminina porque acham que podem ser sempre perdoados, e que se participam de uma igreja evangélica, participam ativamente de suas atividades, podem ter seus erros mascarados e escondidos. 

Mudar de atitude 

Depois de enumerar os problemas da lascívia e de como podemos identificar um comportamento inadequado, siga sua pregação para mulheres falando de como devemos mudar de atitude. Tiago 4:7 diz “resisti ao pecado e ele fugirá de vós”. O cristão que sofre com este problema e quer se libertar, deve ter consciência que é possível vencer o pecado, mas é preciso reconhecer a necessidade de mudar de postura. 

É preciso focar no crescimento espiritual, encher nossa mente do que vai fortalecer nossa fé, fugir de tempos ociosos, sem fazer nada. Precisamos lutar para alimentar nossa fé, buscar algo que possamos fazer em favor da igreja. Quando focamos em servir de instrumento nas mãos de Deus, os prazeres da carne não prevalecem. 

Evidentemente, orar, jejuar e se alimentar da Palavra de Deus são essenciais para vencer o pecado, qualquer que seja. 

Quem luta contra a sensualidade deve buscar ler a bíblia todos os dias, nem que seja pequenos textos, orar pela libertação, precisa realizar constantes jejuns, participar de reuniões na igreja. Uma ferramenta que pode ser útil é buscar pregações na internet, assim, a pessoa passa um bom tempo se alimentando, usando a internet para crescimento espiritual, pois o crescente problema de lascívia tem muito a ver com o uso da internet por muito tempo “sem fazer nada”. 

Se você está desenvolvendo uma pregação para mulheres de sua igreja, mencione as atividades disponíveis na igreja para que elas participem. 

Focar a obra de Deus é essencial para vencer o pecado, “Sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão” 1 Coríntios 15:58. 

Esperamos que este tema seja útil para você e sua igreja. 

Leia também:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *