Ideias para grupo de jovens

Share Button

Preparar e organizar uma reunião de adolescentes e/ou jovens evangélicos é um trabalho que exige dedicação e criatividade. Os jovens gostam de momentos descontraídos e reuniões mais informais. Durante o ano, é bom que o líder do grupo realizem algumas reuniões diferentes, na própria igreja mesmo, sem precisar gastar com retiros, viagens ou intercâmbios. Separamos algumas ideias para grupo de jovens que podem ser aplicadas facilmente nas mais variadas circunstâncias. Grupos grandes ou pequenos precisam quebrar a rotina, de vez em quando, para que os participantes tenham interesse em participar cada vez mais, principalmente aqueles que são convidados e que ainda não frequentam a igreja.

Vamos começar com algumas ideias simples para as reuniões rotineiras. A maioria das igrejas reúnem os jovens e adolescentes uma vez por semana. Nesta reunião, o líder prepara um estudo específico. Seja por tema, ou seja como uma pregação simples, essas reuniões são simples e não precisam de grande “produção”. No entanto, os jovens estão em uma fase da vida que precisam aguçar a curiosidade, participar de novos projetos, aprender coisas novas e até questionarem muito o que sabem. Por isso, queremos incentivar o líder a fazer algumas coisas diferentes nessas reuniões semanais. Pequenas mudanças, como uma dinâmica, um jogo de perguntas e respostas, uma encenação, já são muito proveitosas. Queremos que o leitor entenda que, mesmo com poucos recursos, a criatividade pode fazer muita diferença na vida desses jovens. As ideias para grupo de jovens podem ser adaptadas, conforme você achar melhor.

Repare que as ideias para grupo de jovens podem ser proveitosas de diferentes maneiras. Uma competição esportiva, por exemplo, pode parecer inútil para um líder cristão, mas, com um olhar atento, através de um evento desse, ele pode traçar o perfil de cada pessoa. Pode identificar quem tem problemas de controlar sua ira, quem é vaidoso, quem é vingativo, quem não sabe lidar com a derrota ou quem tem medo, ou vergonha, de competir.

Dinâmicas e brincadeiras 

Podemos recomendar que, uma vez por mês, por exemplo, a reunião comece com uma dinâmica, ou brincadeira, que sirva de preparo ao assunto a ser abordado. Nas primeiras reuniões do ano, essa dinâmica pode ser com o propósito de os adolescentes se conhecerem melhor. Um exemplo de dinâmica ideal para as primeiras reuniões é a brincadeira dos “crachás trocados”, explicado detalhadamente em nosso texto sobre dinâmicas para grupo evangélico. O líder não precisa realizar brincadeiras e dinâmicas em todas as reuniões, mas se puder se programar para fazer essas atividades uma vez por mês já é o suficiente para quebrar a rotina das reuniões.



Jogo de perguntas 

Uma das ideias para grupo de jovens mais simples que existem é fazer um jogo de perguntas e respostas entre os participantes. O grupo pode ser dividido por equipes, meninos contra meninas, ou o líder escolhe os capitães das equipes para que os times sejam formados. Se quiser, o líder pode até formar mais de duas equipes. Outra forma interessante de formar as equipes é por sorteio, que traz certa expectativa e emoção.

As perguntas podem ser feitas após a aula do dia. Devem ter relação direta com o assunto que os alunos aprenderam e podem ser gerais ou apenas bíblicas. Se o grupo está estudando um livro, ou trecho bíblico, específico, o líder pode fazer perguntas sobre este estudo. Vamos supor que neste mês os jovens estudaram histórias de Atos. A brincadeira de perguntas e respostas pode ser sobre este livro. O líder precisa ter o cuidado de não fazer perguntas que sejam muito difíceis.

Os jovens e adolescentes adoram competir, por isso, todo jogo entre equipes será muito bem aceita pelo grupo. O líder, no entanto, precisa tomar cuidado para formar equipes equilibradas e precisa fazer que os visitantes, ou novos convertidos, não se sintam ignorados ou subestimados. Nada pior para um visitante do que participar de um jogo de perguntas contra pessoas que dominam um assunto que ele não conhece. Se houver um visitante, o líder pode perguntar se ele quer participar, ou quer ajudar a ser o juiz por exemplo. Às vezes, o visitante se sente mais à vontade se não participar das brincadeiras que exijam um pouco mais de conhecimento. Outra dica é deixar que os visitantes procurem as respostas.

Eventos 

Outra forma de deixar o grupo de jovens e adolescentes bem envolvidos é realizar eventos, que podem ser na própria igreja mesmo. Pode ser uma festa dos aniversariantes do mês, um amigo oculto (amigo secreto) no final do ano ou na Páscoa, um evento com um tema específico. Dentro do espaço da própria igreja, o líder pode organizar seu evento. Normalmente, os jovens e adolescentes são bem flexíveis quanto ao horário e dia da semana, assim, o líder pode organizar um encontro num sábado à tarde, por exemplo; sem atrapalhar os outros departamentos da igreja.

Uma das ideias para grupo de jovens que vem se popularizando nas igrejas evangélicas são os encontros fora da igreja. Dependendo da cidade, o grupo pode se reunir num parque, na praia, ou qualquer outro ambiente que os jovens possam se reunir para conversarem, fazer um lanche, estudar. Enfim, use a criatividade para um encontro fora da igreja. O próprio grupo pode sugerir o local.

Como líder de adolescentes ou jovens, pense que você está ajudando a formar o caráter dessas pessoas. Então, porque não fazer um passeio cultural? Você pode tentar organizar um passeio no zoológico, no centro histórico, em alguns museus etc. Procure locais de sua cidade que ofereçam essas passeios culturais. Muitas vezes, esquecemos que este tipo de conhecimento é extremamente importante na formação das pessoas.

Jogos e Esportes 

Uma ideia que também pode ser aplicada é realizar uma confraternização que envolva esportes ou jogos (até mesmo jogos de tabuleiro). Reunir o grupo para um jogo de futebol, uma competição de vôlei ou um torneio de ping pong pode ser uma boa oportunidade para o líder conhecer melhor a personalidade de cada indivíduo. Saber como cada um se comporta em momentos de emoções afloradas, quando perde, quando ganha.

A partir daí, o líder pode ter ideias de assuntos e temas para as próximas reuniões. Se perceber que alguns adolescentes não aceitam perder, outros que ficam mais irados em um jogo de futebol ou aqueles que têm medo de competir, o líder pode estudar como lidar com esses jovens para guia-los corretamente, para que saibam lidar com suas emoções, frustrações, ansiedade.

Culto  

Algumas igrejas disponibilizam datas específicas para que seus departamentos realizem seus cultos. Assim, durante o ano, por exemplo, alguns cultos serão preparados pelo departamento de casais, outros pelo grupo de jovens, outro pelo grupo dos adolescentes, equipe de missões, e assim por diante, dependendo de quais departamentos a igreja trabalha. Esses cultos são ideais para unir o grupo com um propósito e descobrir os talentos de cada membro da equipe. A realização destes cultos tem se mostrado uma das maneiras mais comuns de unir os adolescentes quando a liderança busca ideias para grupo de jovens que funcionam.

O culto dos adolescentes, por exemplo, não precisa ser direcionado especificamente para os adolescentes, mas deve envolver todos na tarefa de organizar o culto. Alguns podem participar do louvor, outros na escolha da Palavra, outros na recepção e manutenção (como atalaias, por exemplo), outros podem ajudar na equipe de som, outros na equipe de mídia. Enfim, todos os aspectos que envolvem um culto podem ter a presença dos adolescentes auxiliando a execução de cada tarefa. No louvor, por exemplo, costuma-se fazer um coral com a participação de todos (ou quase todos) os participantes da equipe, para que todos se sintam importantes.

Também é comum que, nesses cultos do departamento, a cantina seja preparada e planejada pelo departamento responsável pela reunião.

O bom de preparar alguns cultos durante o ano, é que o preparo destes cultos leva tempo e envolve diversas áreas, assim, os jovens podem se envolver conforme sua afinidade, e acabam descobrindo seus dons.

Com essas ideias, esperamos que você comece a desenvolver melhor seu trabalho com adolescentes. Se você tem mais ideias para grupo de jovens e boas experiências, compartilhe conosco para que possamos, juntos, crescer neste trabalho.

Leia também:


153 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *