Temas atuais para jovens evangélicos 

Share Button

Depois de realizar algumas reuniões com seus jovens e abordar assuntos mais rotineiros, chegou a hora de abordarmos alguns temas atuais para jovens evangélicos. Recomendamos que o líder faça pesquisa e tenha um bom material em mãos para que não seja surpreendidos com perguntas e posicionamentos que não saiba lidar. Se você não tem ideia de como falar de alguns assuntos como internet, amizades e sexualidade, este texto vai dar uma mãozinha para você conseguir desenvolver seu estudo bíblico com tranquilidade e conteúdo. Esperamos que você aproveite essas dicas e fique à vontade para opinar e dar suas sugestões para que os demais leitores possam crescer também.

O objetivo deste texto não é o aprofundamento nestes temas apontados, mas apenas mostrar uma direção aos líderes que precisam sair da rotina das reuniões semanais para atrair um pouco a atenção dos jovens e fazê-los repensar seus conceitos de fé de certeza da salvação. Basicamente, nossa recomendação é que os jovens sejam instruídos a refletirem sobre determinados assuntos comuns ao dia a dia (como sexualidade e amizades) e também adquiram estudos pouco mais profundos sobre as diversas bases do cristianismo, estudo livro por livro, a vida de personagens importantes e conceitos como trindade, pecado e santidade. Como nosso objetivo para este texto é abordar alguns temas atuais para jovens evangélicos queremos incentivar o leitor a ler e refletir também sobre essas questões.




Fé e ciência 

Um assunto que tira o sono de muito jovem é este aparente dilema entre fé e ciência. Quando entramos na fase adulta, muitos de nós nos deparamos com amigos da faculdade, e/ou do trabalho, que passam a questionar nossa fé e apontam falhas da Bíblia que faz muitos jovens desistirem do cristianismo. Neste site você encontra diversos textos sobre fé e razão. Leia como o assunto é tratado na França, Holanda, Espanha e Israel. Para falar sobre este assunto com seu grupo de jovens ou adolescentes evangélicos, recomendamos os seguintes textos:

Este é um assunto que o líder vai precisar se dedicar e estudar bem. Nossa recomendação é que este assunto seja dividido em dois, três ou até quatro reuniões separadamente, para dar tempo de abordar bem cada aspecto e dar aos jovens a oportunidade de refletirem bem sobre isso, buscando respostas também e compartilhando experiências. Deixe que questionem e quando você não souber alguma resposta, não tenha medo ou vergonha de dizer que não sabe responder. Seja natural e pense com o jovem como obter uma resposta para a dúvida. Mentir é pior que demonstrar que não sabe.

Internet e redes sociais 

Tem tem como falarmos de temas atuais para jovens evangélicos sem falar de tecnologia. Mais um assunto que faz parte da rotina dos jovens e adolescentes de nossas igrejas. Para abordar este tema, recomendamos que o líder também faça mais de uma reunião para tratar o assunto em sua complexidade. Uma única reunião para falar de tecnologia, internet e redes sociais vai ser pouco. Ao se planejar para falar sobre este assunto, tente pesquisar quais são as principais redes sociais “do momento”, e saber seu objetivo maior: se é compartilhar fotos, promoções, frases, vídeos longos, vídeos curtos etc. A partir daí, procure saber se pastores e cantores gospel utilizam essas ferramentas, para ver o que costumam postar e o que divulgam Assim, ao falar sobre isso, você terá uma base dos aspectos positivos e negativos de cada rede, de cada aplicativo.

Em nosso site você pode ler:

Para falar sobre este tema o líder pode começar a reunião perguntando aos jovens quais redes sociais costumam usar, o que costumam postar, quem seguem, que tipo de postagem costumam compartilhar e curtir. Tente não intimar os adolescentes e nem julgar seu comportamento. Mostre que o objetivo é ajuda-los a seguir uma vida sadia. Se quiser você pode dar exemplo pessoais, seus, de perfis que deixou de seguir porque achou que não era edificante.

Fale de uma vida santa e da importância de seguirmos esse padrão enquanto navegamos na internet.  Fale que é bom controlar o tempo na internet e nas redes sociais. Oriente a entrarem na internet com objetivo claro, não ficarem “sem fazer nada”, para que não fiquem ociosos. Quando estamos sem ter o que fazer e começamos a navegar sem destino, a tendência de entrar em sites indevidos aumenta. Oriente-os para que busquem na internet coisas edificantes. Você pode pedir que sempre tragam textos e estudos para a aula. Exemplo de textos e pesquisas que eles podem fazer:

  • Como iniciar uma vida financeira
  • Planejamento familiar (com que idade casar, quando ter filhos, como se organizar financeiramente etc.)
  • Problemas em expor sua vida na internet

Outro assunto que você pode abordar é sobre comentários e participação nos fóruns. Oriente os adolescentes a comentarem sem causar controvérsias ou polêmicas. Evite defender ou atacar pessoas, independente do motivo ou do posicionamento de outros participantes.

Sexualidade 

Não podemos falar de temas atuais para jovens evangélicos sem falar de sexualidade. Para te ajudar, em nosso site temos os seguintes textos:

Recomendamos que, ao falar de sexualidade, o líder separe o grupo entre meninos e meninas em salas separadas, para evitar constrangimentos. Uma mulher pode ficar na sala com as meninas, para levar o estudo, e um homem leva o estudo para os meninos. Assim, separados, cada grupo pode falar de assuntos específicos e evitar que a situação fique constrangedora. Nos textos indicados, estão alguns versículos que você pode usar para falar sobre isso.


Comportamento 

Por fim, um assunto delicado, mas que os jovens e adolescentes vão adorar participar é quando se fala em comportamento. Tatuagens, piercing, música, homossexualismo ou hobbies podem ser tratadas nessas reuniões. Para este assunto, recomendamos aos líderes que façam uma pesquisa mais profunda sobre estes assuntos para que possam desenvolver bem a reunião e possam responder a possíveis questionamentos dos jovens. Sem dúvidas, estes são um dos temas atuais para jovens evangélicos mais interessantes, mas, ao mesmo tempo, evitados por muitos líderes. Para falar de comportamento você pode dividir suas reuniões da seguinte forma.

Música: Cristão pode ouvir música do mundo?  

Tatuagens e piercing: Ressalte que não há benefício nenhum em se fazer uma tatuagem ou piercing. Procure por vídeos (como do pastor Lucinho do Rodolfo Abrantes) sobre o assunto. Use os versículos Gênesis 1:27; 1 Coríntios 3:16 e 17; 1 Coríntios 6:19 e 20. Paulo nos orientou, em Gálatas 6:17, a levarmos apenas as marcas de Cristo. Muitos pregadores usam Levíticos 19:28, mas os jovens podem questionar que este versículo especifica marcas pelos falecidos. Para falar de tatuagens e piercing, Rodolfo Abrantes pode ser uma referência. Ele chega a dizer que se a preocupação de alguém saber se um cristão pode ou não fazer tatuagens é porque sua vida espiritual está muito pobre. O líder também pode falar disso: existem coisas mais importantes para um cristão se preocupar, se dedicar e gastar o seu dinheiro do que saber se pode ou não fazer tatuagem. Entendemos que a tatuagem, ou piercing em si não são pecados, mas não acrescentam em nada em nossa jornada de fé.

Estes temas atuais para jovens evangélicos são muito bons para fazer o grupo refletir e dar sua opinião. Muitas vezes, basta apresentar um vídeo, ou falar brevemente sobre o assunto para que os próprios jovens se manifestem e deixem a reunião mais animada e plural.

Homossexualismo: Utilize como base Romanos 1:26 e 27. Apesar de inúmeros discursos em defesa desta prática, nenhuma delas é comprovada. Naturalmente, existe animais hermafroditas que se desenvolveram assim. O homem se desenvolveu como macho e fêmea, portanto, mesmo no campo da biologia, o homossexualismo não pode ser visto como comportamento natural do ser humano. No entanto, o cristão não deve discriminar ou ofender os homossexuais. Deve tratar com amor, como Cristo nos amou apesar de nossos pecados. Devemos demonstrar amor e orientar a uma vida reta, como Jesus fez com a mulher adúltera que livrou do apedrejamento. Outro texto a ser usado é 1 Timóteo 1:9 a 11.

Outros textos interessantes sobre o comportamento do jovem e adolescente:

Escolha seu tema 

Aqui listamos alguns temas atuais para jovens evangélicos que podem ser desenvolvidos com tranquilidade e naturalidade nas igrejas cristãs. Esperamos ajudar os líderes desses grupos a encararem o desafio de líder com pessoas cheias de questionamentos e incertezas; orientando-os a seguir o caminho correto para que amadureçam sua fé de forma saudável.  Compartilhe conosco e nossos leitores suas ideias e experiências.

Leia também:

7 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *