Dicas de evangelismo infantil

Share Button

Uma importante ferramenta nas igrejas modernas é a igreja infantil, ou o departamento infantil. Além de auxiliar as crianças a entenderem a Palavra de Deus de uma forma clara, ajuda os pais a prestarem atenção no culto enquanto seus filhos estão em um local adequado. No entanto, as pessoas que lidam com as crianças precisam de uma preparação e de qualificação para realizarem seu trabalho. E uma das situações mais delicadas é realizar o apelo e aconselhamento a uma criança ainda não salva.

Neste post vamos dar algumas importantes dicas para evangelizar crianças. São dicas importantes, não apenas para as aulas do departamento infantil, mas também para quem lida frequentemente com crianças, como filhos ou sobrinhos, por exemplo.

Não tenha medo de evangelizar crianças e participar da escola bíblica infantil. Leia também:

O que é apelo?

O apelo é o momento em que o professor convida a criança para aceitar Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. É basicamente o mesmo apelo realizado pelos pregadores ao fim de um culto. É um momento que requer concentração e seriedade. Durante o evangelismo infantil, é importante evitar distrações ou perturbações, que podem fazer com que a criança não se sinta à vontade para aquele momento. Evite constranger a criança ou força-la a tomar uma decisão.

O que aconselhamento?

O aconselhamento é a confirmação da atitude da criança. Precisamos entender se a criança realmente compreende o que está fazendo e por que está fazendo isso (aceitando Jesus). É um momento de reflexão, que o professor deve ser compreensivo e objetivo para que a criança tenha uma ideia bem clara de sua atitude. O professor também pode realizar uma breve explicação sobre o crescimento da vida cristã, como a necessidade de conhecer a Bíblia, orar e fazer sempre as coisas corretas.

Como fazer o apelo

Agora que já entendemos o que é o apelo vamos nos concentrar em cinco importantes dicas para evangelizar crianças. São cinco passos para realizar o apelo que qualquer professor pode compreender. Até mesmo quem prega para adultos pode tomar estes cuidados.

  1. Use a bíblia
  2. Fale a mensagem da salvação
  3. Seja claro e objetivo
  4. Seja breve
  5. Faça o aconselhamento

Antes de estudarmos cada termo do evangelismo infantil, devemos lembrar que o professor precisa ter consciência da necessidade de toda criança ser salva. Caso o professor ache desnecessário ou inútil a conversão de uma criança, ele não será objetivo em seu apelo.

Recomendamos a leitura de João 3:18; Mateus 18:14 e Marcos 10:14.

Use a Bíblia

A Bíblia é um importante instrumento em qualquer situação. Ao aplicar as aulas, ao realizar um evento ou até gincanas, os responsáveis devem sempre possuir uma Bíblia. Durante a aula e o apelo é importante que o professor mostre à criança que está lendo a Bíblia. Ao iniciar o apelo, o professor pode citar um versículo que demonstre a necessidade de salvação.

Exemplo de versículos úteis para isso: João 1:12; João 3:16; Atos 16:31 ou Romanos 10:13.

Mensagem da Salvação

Durante a aula o professor deve citar os cinco itens da mensagem da salvação, assim a criança entenderá que é pecadora e precisa da salvação para que tenha uma vida nova, com direito à salvação. Não importa se a mensagem foi diluída durante a história, ou apresentada de uma única vez, ela precisa ser dita antes do apelo, para que a criança entenda os motivos da necessidade de aceitar a Cristo como salvador.

Apelo deve ser claro e objetivo

Assim como as histórias, brincadeiras, exercícios e toda atividade direcionada às crianças, o professor deve ser claro no que está fazendo. Não utilizar palavras rebuscadas ou que não façam parte da rotina de uma criança. Um erro comum é o professor destreinado usar expressões como ‘varão’, ‘está amarrado’ e ‘arrebatamento’. A maioria das crianças podem não compreender seus significados.

O professor deve treinar bem as palavras a serem utilizadas e deve saber explicar cada versículo, para que a criança compreenda claramente o contexto deles. Também é importante uma postura calma e respeitosa.

O ideal é que no momento do apelo o professor peça para as crianças abaixarem a cabeça. O professor deve falar de forma pessoal. Uma das mais importantes dicas para evangelizar é utilizar frases pessoais, como:

  • “você precisa”
  • “você pode aceitar”
  • “se você quer aceitar”

Não use frases como:

  •  “nós precisamos”
  • “quem quiser aceitar”
  • “As crianças que aceitarem…”


O apelo deve ser breve

Outra importante dica para evangelizar é evitar redundâncias. As principais dicas de evangelização referem-se à aplicação da mensagem. Um apelo deve ser breve para que a criança compreenda a mensagem. Evite redundâncias ou insistência, devemos confiar no Espírito Santo para que uma criança tome a decisão de aceitar Jesus.

Antes do apelo recapitule a necessidade de salvação (todos pecamos, ninguém merece morar com Deus) e qual o caminho para que sejamos salvos (receber Cristo como salvador e seguir seus ensinamentos). Peça que todos fechem os olhos e abaixem as cabeças, para que uma criança não vigie a outra, ou não tome uma decisão porque o colega também tomou. Peça um sinal com a mão e ore pela salvação delas.

O aconselhamento

As crianças que aceitaram Jesus durante a evangelização infantil precisam ser aconselhadas para descobrirmos se realmente ela entendeu a necessidade de salvação e qual o caminho dela. Devemos estar em lugar livre de distrações, mas não isolados ou escondidos. Um lugar onde todos possam ver.

Seja dócil e calmo, deixando a criança à vontade e puxe assunto de forma que a criança não precise responder apenas “sim” ou “não”. Exemplos de perguntas:

  • O que você quer que Jesus faça por você?
  • Por que levantou a mão?
  • Por que você precisa de Jesus?
  • O que é o pecado?
  • Qual o castigo para o pecado?
  • O que Jesus fez por você?
  • O que aconteceu com Jesus depois que morreu?

Se o grupo for grande, faça as perguntas à diversas crianças. Não deixe que apenas uma responda tudo. Inclua todas na conversa. Talvez, seja melhor fazer a mesma perguntas a diferentes crianças. Se possível, cada criança pode fazer uma oração de agradecimento.

Mais algumas dicas de evangelização infantil

  • Se a criança disser que não tem pecado, deixe bem claro que ser pecador é normal.
  • Se a criança for tímida não force-a fazer ou falar o que não quer e deixe claro que pode receber Cristo a qualquer tempo.
  • Se a criança parece não entender, encoraje-a a participar das próximas aulas.
  • Ore sempre e peça direcionamento do Espírito Santo.

atividades lúdicas quadrado

10 comentários

  • muito obrigado pois essas dicas me renovaram a melhorar mais a nha aula

  • Leidiane machado

    Qual bíblia devo usar
    A tradicional ou a bíblia infantil?

    • rtsens

      Você pode usar a tradicional, só para mostrar que está lendo, mas se tiver uma Bíblia infantil é melhor, pois isso pode estimular as crianças a se interessarem pela Bíblia.

  • DENISE

    MUITO BOA AS DICAS DESSE BLOG,MIM AJUDARAM A APLICAR A LIÇÃO DE ADULTOS SOBRE EVANGELISMO INFANTIL NA MINHA SALA DE EBD ADULTO,QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO VOÇES.

  • Luciana Mamede

    Bom dia, sou nova como professora da sala do jardim da infância na EBD, e senti a necessidade de ensinar sobre evangelismo, gostaria de usar o primeiro trimestre de 2017 para este assunto, porem ja procurei bastante sobre o assunto e não encontro vcs poderiam me ajudar.

  • Lucileide

    Graça e paz!Já faz um tempo q estou com planos de montar uma equipe pra fazer evangelismo infantil,até já falei com algumas pessoas mas ainda n começamos pois estou sem idéias e n sei que material usar ,preciso de algo criativo e de fácil compreensão para crianças de diferentes idades pois os evangelismos será nas ruas e terá uma quantidade significativa de crianças.vocês podem me ajufar?

  • Elias santos

    Graça e paz ,obrigado pelas dicas ,muito importante,gostaria de adquirir mais algumas dicas ,pois estou iniciando um trabalho ,como Fasso pra adiqueri seus matérias ? Obrigado.

  • Arlan de Oliveira Souza

    Obrigado pelas dicas, estou buscando uma direção de como levar meus filhos a conhecer a obra de Jesus na cruz e fico realmente grato por essas orientações. Deus abençoe este projeto de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *