Como iniciar um ministério infantil evangélico 

Share Button

Um dos departamentos essenciais nas igrejas modernas é o infantil. No entanto, iniciar esta obra requer planejamento, força de vontade e investimentos. Algumas igrejas pequenas se perdem por falta de um destes elementos. A maioria das igrejas até possuem grande empenho e força de vontade, mas não conseguem investimentos, dificultando o início do projeto. O ministério infantil evangélico precisa ser encarado como um braço fundamental na igreja, para receber a devida atenção do pastor presidente; caso contrário, o departamento está fadado a um longo período no qual os professores se dedicarão muito, mas colherão pouco. Se os próprios líderes da igreja não encararem o departamento infantil como importante, não se pode colher o que não foi semeado.

Neste texto queremos dar algumas dicas básicas e fundamentais para sua igreja iniciar, ou manter, um ministério infantil evangélico funcionando bem. Apresentamos algumas ideias de atividades, organização, material e preparo de professores que podem ajudar muito quem não tem experiência com este tipo de trabalho.

Se iniciar um ministério infantil evangélico requer esforços múltiplos, mantê-lo exige igual tratamento. Assim como uma equipe de louvor, de casais ou grupo de multimídia, o departamento infantil precisa de atenção especial e cuidados específicos. O grande problema é que estamos falando de um ministério que tem pouca visibilidade, com isso, muitos pastores deixam a igreja infantil de lado para investirem em equipamentos para o grupo de louvor, ou para deixar a igreja mais estruturada. Não queremos dizer que os outros setores não são importantes, mas é preciso que todos recebam igual atenção. Paulo nos ensinou que o corpo de Cristo tem diversos membros, cada um com sua função. O braço não é mais importante que o pé, ou vice-versa. O que ensina (seja para crianças, adolescentes ou casais) tem igual valor ao que prega, que tem o mesmo valor que aqueles que fazem parte do louvor e assim por diante.



Planejamento

Em nossa opinião, a primeira coisa a se pensar é um casal de líderes para o departamento. Caso haja necessidade de mais de um casal, isso fica a critério do pastor presidente, mas entendemos que o início de uma igreja infantil, normalmente acontece em igrejas pequenas, por isso, não há necessidade de mais de um casal para liderar o departamento, mas isso é um critério que pode ser mudado sem problemas.

Os líderes do ministério infantil evangélico devem traçar um plano com cronograma para que as ações sejam realizadas. Por exemplo, no mês de setembro realizar orçamento para construção da(s) classe(s) e do mobiliário. No mês de outubro orçamento de material de uso diário (lápis, caderno etc) e livros para o departamento. E assim por diante. A criação do departamento não significa que ele deve começar a funcionar imediatamente. Um tempo de preparo e planejamento vai tornar o início do trabalho mais eficiente.

Dicas para igrejas pequenas

Se a sua igreja não tem como iniciar um ministério infantil evangélico com diversas salas e material para todas as idades, talvez, o melhor a se fazer é restringir o atendimento a uma faixa etária. Por exemplo, se o departamento vai funcionar com apenas uma sala, não adianta querer atender crianças de zero a doze anos juntas porque isso não vai ser bom para ninguém. O professor não vai conseguir dar aula, as crianças pequenas não terão a atenção que precisam e os maiores vai ficar entediados, e a igreja vai gastar muito dinheiro com material para todas as idades, sendo que vai usar pouco.

Neste caso, a melhor opção é definir uma faixa etária para começar. Por exemplo, o departamento infantil vai atender crianças de dois a cinco anos; ou, o departamento vai atender crianças de dez a doze anos. Conforme a igreja for crescendo, outras classes podem ser montadas, ampliando o atendimento. A restrição para uma faixa de idade, vai facilitar até mesmo na montagem do departamento. Se a igreja definir que vai começar o ministério infantil evangélico atendendo apenas crianças de dois a cinco anos, por exemplo, isso vai facilitar na hora de comprar material, pois a igreja não vai gastar dinheiro comprando material para crianças de doze anos. Por isso, iniciar o departamento atendendo apenas uma faixa etária menor tem seus benefícios.

Orçamento

Uma dica para lidar com orçamento é definir também o uso do orçamento, sabendo diferenciar o que será gasto com material, com lanches ou com manutenção (pintura), fundo de reserva para reformas uma vez por ano, e assim por diante. A liderança da igreja precisa saber que o orçamento para montar o departamento infantil será bem maior que o investimento em manutenção. Montar a(s) sala(s), pintar, comprar cadeiras e livros, custa muito mais que a manutenção mensal, que vai se resumir a reposição de material e eventual compra de novos livros, atividades, bonecos etc.

Pedagógico

O ministério infantil evangélico não se resume às questões administrativas. A parte pedagógica é fundamental, por isso, a recomendação que alguém que tenha formação na área lidere, ou ajude a liderar, o departamento infantil. O currículo pode ser montado mês a mês, por bimestre, por trimestre e até mesmo semestralmente. O importante é que os professores saibam o que vão trabalhar em um determinado período. Acreditamos que realizar um currículo trimestral ou quadrimestral é um bom começo. Neste planejamento, devem estar definidos os temas de cada aula e, se possível, sugestões de materiais e atividades.

Em igrejas maiores, os professores recebem uma semana antes da aula o material contendo a história, sugestões de atividades e material a ser utilizado. O professor leva para casa a história e as sugestões de atividades; se for desenho, por exemplo, uma ou duas cópias do desenho para que ele tire xerox. O ideal é que a própria igreja pague pela xerox e compra de outros materiais.

Atividades

A aula do ministério infantil evangélico pode conter diversas atividades variadas. Normalmente, por falta de informações, os professores resumem suas aulas à lição e desenhos para pintar, mas algumas outras atividades podem ser feitas para enriquecer a aula. Nossa dica é que, mesmo que não se possa sempre fazer atividades variadas, o professor se planeje para, ao menos, sempre que possível, consiga fazer uma atividade que fuja dessa rotina. Seguem algumas ideias que podem ser feitas durante a aula.

  • Música – Uma boa maneira de entreter as crianças e ganhar um tempinho é com música. Por isso, o ideal é que entre o material a ser adquirido para o departamento infantil, estejam incluídos alguns cd’s musicais.
  • Apresentação – Antes de iniciar a aula, o professor pode se apresentar e passar as regras da classinha. Depois, pode pedir que cada criança se apresente. A cada aula, o professor pode pedir algo diferente, por exemplo, pedir que cada criança diga se nome e sua idade; pedir que a criança fale o que fez naquele dia; ou perguntar às crianças o que gostam de comer; o que ela tem medo; enfim, se possível, algo que tenha relação com a aula.
  • Oração – A oração pode ser feita em diversos momentos. No início da aula, após a lição e ao fim da aula. Esta é uma oportunidade para as crianças participarem e interagirem com a aula. O professor pode chamar uma criança para orar nestes momentos.
  • A aula – Neste momento o professor apresenta a história principal da aula. Isto deve ser feito sempre de forma lúdica. As formas mais utilizadas são cartazes, figuras coloridas, fantoches, flanelógrafo, slides, dramatização e roda de histórias.
  • Atividade – Normalmente, ao fim da aula, as crianças fazem uma pintura de um desenho relacionado à aula. Para crianças maiores, também pode ser distribuída uma folha com perguntas e respostas, palavra cruzada, labirinto, recorte etc.
  • Brincadeiras – Uma maneira simples de entreter as crianças e utilizar o tempo é fazer uma competição entre meninos e meninas. Se a proporção foi muito desigual, o professor pode separar os alunos em dois times. A partir daí, o professor pode fazer perguntas, mímicas e outros desafios para firmar o ensino do dia.

Leia também:

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *