Discutindo temas atuais para jovens cristãos 

Share Button

Além de desenvolver temas bíblicos para os jovens a adolescentes da igreja, o líder do grupo precisa desenvolver temas atuais para jovens cristãos. Isso significa sair um pouco do básico, de pegar uma história bíblica para estudar e seguir um cronograma pré definido, para se discutir assuntos que sejam interessantes para os jovens, que tenham referência com sua rotina, com suas dúvidas com seu mundo. Os jovens e adolescentes precisam saber como lidar com alguns desafios que vai encarar em sua rotina, na escola, família, na faculdade e no trabalho. Selecionamos alguns assuntos que não são tão debatidos nas igrejas cristãs, mas que deveriam ser colocadas em pauta, justamente para que o jovem e adolescente saibam como agir em situações que sua fé é desafiada. 

Em primeiro lugar, vamos separar estes temas atuais para jovens cristãos em algumas categorias, para que você possa pesquisar e se aprofundar nos assuntos de forma mais clara e objetiva. Esses assuntos podem ser debatidos em várias reuniões ou em uma reunião específica. Por exemplo, a cada quatro estudos bíblicos, você pode intercalar com um debate de ideias. Aliás, este é um bom nome para essas reuniões sobre a rotina do jovem, “debate de ideias”. Quando você anunciar que “dia tal” haverá um debate de ideias, o grupo vai se animar e vai ficar curioso por este assunto. Denominar uma reunião com um determinado título é uma boa forma de atrair a atenção de jovens e adolescentes. 



Não se esqueça que suas reuniões precisam ser bem planejadas. Para isso, faça um esquema de como será dividida cada reunião. Na hora, você não precisa seguir à risca o tempo determinado, mesmo por que alguns debates podem gerar mais dúvidas e outros não. Este planejamento servirá de base para você não se perder. Vamos supor que suas reuniões duram uma hora. Neste caso, pense em um cronograma como o seguinte: 

  • 5 minutos – oração 
  • 5 minutos – apresentação (mesmo que sejam os mesmos participantes de sempre, faça uma apresentação, perguntando como foi a semana, o que acharam do culto, deixe que eles conversem um pouco). A ideia desta apresentação é deixar a reunião mais informal e deixá-los mais à vontade. 
  • 20 minutos – Estudo. Conversa sobre o tema. O líder fala sobre o que será discutido, apresenta informações, fala de suas experiências, pode ler alguma matéria sobre o assunto, apresentar um vídeo ou até mesmo convidar outros cristãos para falarem sobre o tema do dia. 
  • 20 minutos – Perguntas, dúvidas e debate de ideias. 
  • 5 minutos – O líder volta a tomar a palavra, para encerrar o assunto. Apresenta fundamentos bíblicos, expõe possíveis soluções e termina a reunião. 
  • 5 minutos – oração final e últimas palavras sobre o tema do dia. 

Finanças  

Você pode estar pensando em como abordar assuntos tão técnicos. Na verdade, com muita oração e leitura bíblica você receberá ajuda do Criador para falar sobre estes assuntos com os jovens e adolescentes. Uma dica, antes de falar de economia, por exemplo, é ler um ou dois livros que abordam o assunto de forma cristã. Falar de finanças é uma ótima oportunidade para falar também de dízimos e ofertas. 

Com este assunto o jovem e adolescente vai compreender melhor sobre os dízimos e ofertas, que é um dos assuntos que os não evangélicos mais zombam e criticam os cristãos. Ensinando o básico sobre isso, eles saberão como reagir quando forem questionados sobre o dinheiro que “dão para a igreja”. 

Depois que você falar de dízimos e ofertas, fale sobre responsabilidade financeira. Não devemos amar o dinheiro e sim, usá-lo para abençoar nossas vidas e a vida de outras pessoas. Se puder, dê um testemunho pessoal sobre dízimos e ofertas. Fale de gastar menos do que se ganha. Não fazer dívidas, planejar bem os gastos. Se você não é especialista no assunto, não tem problema, procure em sua igreja alguém que possa falar sobre isso, sobre economia. Se você não achar ninguém, pense em falar um pouco sobre os seguintes itens: 

  • Planejar gastos de casa. Você precisa saber que vai gastar com mercado, água, luz, aluguel (ou financiamento), internet, roupas, farmácia, imprevistos, condomínio etc.  
  • Quanto gasta por mês, em média, um casal recém casado? Deixe que eles falem um pouco, depois você pode falar mais sobre os gastos que você tem. Apesar de você não ser especialista, só de alertar sobre estes cálculos, já vai ajudá-los muito. 
  • Quanto um casal precisa ganhar por mês, em média, para se sustentarem? Deixe que eles falem e deem palpites. Depois você pode dar sua opinião também. 
  • Você está investindo para se casar e viver sem fazer dívidas? Fale como podem economizar, deixar de gastar com bobeiras e fale como é importante estudar para conseguirem um bom emprego. 

Lembre-se que ao elaborar reuniões com temas atuais para jovens cristãos, você não precisa ser especialista em um assunto para falar sobre aquilo, a troca de ideias é o grande objetivo. Você mesmo poderá aprender muito com essas rodas de conversa.  

Ao falar de finanças, um exemplo bíblico que você pode mencionar é o de Davi. Todos nós sabemos que ele venceu o gigante Golias, no entanto, isso não aconteceu “do nada”. Davi não resolveu que derrotaria Golias sem mais nem menos. Antes de vencer Golias, Davi já havia matado ursos e leões. Ou seja, houve uma capacitação. Para conseguirmos bons empregos, precisamos nos preparar; estudar, fazer cursos, aprender a organizar nosso tempo, saber lidar com as adversidades da vida adulta, saber ser submisso às autoridades e lideranças. Nosso sucesso na vida profissional tem relação direta com nosso comportamento cristão. 

Sua fé 

Talvez, você ache que os estudos bíblicos são suficientes para manter a fé do jovem e adolescente, mas não é. Muitos jovens se desviam da fé ao chegar na fase adulta e se depararem com um mundo tentador e cheio de atrativos. Na faculdade e no trabalho, muitas pessoas desistem de seguir o evangelho porque não querem ser “caretas” e sentem vergonhas de coisas como ser virgem, dar dízimo, acreditar em Adão e Eva etc. Se este jovem, ainda por cima, não tem pais cristãos, o caminho do cristianismo é ainda mais improvável. Ao montar seus estudos e temas atuais para jovens cristãos, reserve uma reunião para falar de como eles praticam sua fé no dia a dia.  

Não precisa fazer perguntas para que os exponham. Não pergunte coisas do tipo “quem ora todo dia? Quem lê a bíblia todo dia?”. Os participantes podem se sentir envergonhados e levantarem a mão só para acompanhar a maioria. 

Se você deseja firmar a fé de seu grupo, este assunto é uma ótima ideia de temas atuais para jovens cristãos. A melhor passagem para falar de fé é a parábola do semeador. Mas antes de ler a parábola converse com os jovens sobre os seguintes assuntos: 

  • Por que vocês acham que as pessoas deixam a igreja? 
  • O que você faria se soubesse que esta igreja tem um monte de coisas erradas? Toque neste assunto para mostrar que devemos estar firmes em Cristo e não nas igrejas ou líderes, pois muitos jovens abandonam a igreja quando veem alguns de seus líderes fazendo coisas erradas. 
  • Por que você vem à igreja? 
  • Se você ver seu pastor fazendo algo errado, vai continuar vindo à igreja? Você vai deixar de ser cristão? 
  • O que pode desanimar você de vir à igreja? 
  • O que os outros falam que te deixa com vergonha de ser cristão?  
  • Se você se mudar para um lugar que não tem igreja evangélica, como vai seguir sua fé? 

Pense em outras perguntas que façam os participantes do grupo perceberem que devem estar firmes em Jesus independente do que ocorre a sua volta. 

Esses são apenas algumas ideias simples de temas atuais para jovens cristãos, mas temos outros textos com outras ideias. Leia também: 

 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *