Quem é Jesus? 

Share Button

Uma pergunta simples, mas que pode ter respostas bem diferentes. Existe o Jesus histórico, o Jesus homem, Jesus Filho de Deus, Jesus profeta e o Jesus retratado em filmes. Neste texto vamos realizar uma análise para descobrirmos quem é Jesus, segundo os registros escritos. Podemos comparar os filmes sobre Jesus como qualquer outro filme baseado em filmes, sempre existem adaptações; alguns factoides são adicionais, outros adaptados e muitos deixados de lado. Este texto não busca referências religiosas, mas sim históricas, baseadas nos relatos, principalmente, dos quatro principais livros sobre a vida de Jesus, Mateus, Marcos, Lucas e João. Vamos realizar um estudo para compreender as circunstâncias da vida de Jesus.

Sempre que passamos por épocas como Natal e Páscoa, uma infinidade de filmes sobre Jesus é transmitida. Já vimos tantos filmes sobre isso que achamos que já conhecemos a história de Jesus de trás para frente, mesmo sem nunca ter lido a bíblia. Leia a lisa a seguir e veja se você realmente sabe quem é Jesus.

  • Esses filmes se baseiam em quê?
  • Quem foi o primeiro a escrever sobre Jesus?
  • Jesus nasceu em Belém ou Nazaré?
  • Onde ele morreu?
  • Sabia que nenhum livro sobre Jesus foi escrito em Jerusalém?
  • Quem foi Marcos, que escreveu sobre Jesus?
  • Sabia que o primeiro livro sobre Jesus foi escrito, aproximadamente, vinte anos após sua morte?

Neste artigo, faremos uma espécie de introdução à vida de Cristo. As diferenças e semelhanças dos livros que falam dele.

O que são evangelhos? 

Para saber quem é Jesus, em primeiro lugar, você tem que saber o que são os Evangelhos. A palavra evangelho significa ´boas-novas’, ‘boas notícias’. Os livros que falam da vida de Jesus recebem o nome de evangelho porque relatam boas notícias do ponto de vista religioso. Os evangelhos são quatro livros, que recebem os nomes de seus autores: Mateus, Marcos, Lucas e João. Você sabe quem foram esses homens? Vamos analisar individualmente sobre cada um deles mais adiante.

Resumo da vida de Cristo 

Nenhum livro relata a infância da vida de Jesus. Existe um pequeno trecho que relata um episódio da vida de Jesus, quando ele tinha doze anos – Lucas 2:42 a 52. Até então, Jesus era um homem comum. A vida dele começou a ganhar notoriedade quando ele tinha cerca de vinte e nove anos e foi batizado por João Batista (Mateus 3). Aos trinta anos começou a pregar e fazer grandes sinais, sendo o primeiro em um casamento (João 2).

Logo os curiosos começaram a segui-lo. Por, aproximadamente, um ano a multidão de seguidores começou a ser formada, por pessoas atraídas pelos milagres e ensinamentos. Grande parte de seu tempo foi investido na Galileia. Aos poucos, aumentava o número de pessoas que também se perguntavam “quem é Jesus?”

Após um ano de pregação, conforme ganhava popularidade, as hostilidades começaram. Os judeus achavam que ele era inovador demais para os costumes da época. A maioria atribuía os milagres e ensinamentos aos espíritos malignos e ao próprio diabo (Mateus 12:24). Jesus foi rejeitado em Nazaré (Lucas 4).

Só com quase um ano e meio de pregação é que ele selecionou os discípulos (Marcos 3). Logo depois veio o famoso sermão da montanha (Mateus 5 a 7). Aos poucos, a pergunta “quem é Jesus?”, ganhava respostas, mas que desagradava os principais religiosos da época.

Assim que os discípulos foram eleitos, as hostilidades aumentavam consideravelmente. A preocupação de Jesus era ensinar aos discípulos a prosseguirem ensinando mesmo após sua futura morte. Nesta época, as multidões começaram a se afastar de Jesus, com medo da rejeição.

Aos 32 anos, aproximadamente, foi quando alimentou 5 mil pessoas e, em seguida 4 mil pessoas com pouco alimento (Mateus 10 e Marcos 8, respectivamente).

Os conflitos se intensificaram quando Jesus Cristo tinha cerca de 32 anos e meio. Perto de completar 33 anos, ressuscitou Lázaro, provavelmente o milagre mais forte até então (João 11).

Após três anos pregando, foi crucificado e ressuscitou, atingindo assim o seu propósito de ensinar as verdades sobre o Criador, Sua vontade e Seus conceitos. Bem diferente do que os homens ensinavam na época e de uma visão que a maioria ainda tem hoje de Deus.

Esta breve biografia nos faz compreender melhor quem é Jesus, de acordo com os evangelhos. Vamos, então, compreender um pouco melhor os livros que relatam a vida de Jesus.



Mateus

Mateus era um cobrador de impostos (algo como fiscal nos tempos atuais), profissão odiada, pois era um meio de vigaristas extorquirem o povo. Ele foi discípulo de Jesus, mas só escreveu sobre seu mestre por volta do ano 58 DC. Historiadores acham que Mateus escreveu seu livro entre 58-68 DC.

Escreveu seu livro em Antioquia, Síria, ou Palestina. Relata Jesus como mestre dos Judeus. Seu livro é considerado como um livro escrito por um judeu para os judeus sobre um judeu. Sua preocupação é religiosa, cerimonial. Mostra que Jesus tem tudo a ver com as profecias judaicas. Mostra que o Messias é o grande Rei dos judeus. O livro de Mateus é um bom começo para quem quer saber quem é Jesus de um ponto de vista judeu.

  • Cerca de 42% do que está escrito em Mateus não está em nenhum outro livro. Só menciona uma Páscoa
  • Fala do ministério de Jesus na Galileia
  • Era apelidado de Levi (Marcos 2:14 e Lucas 5:27)

Marcos

Chamava-se João Marcos (Atos 12:12). Escreveu sua obra focando o sacrifício de Jesus e sua mensagem de servir. “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida por resgate de muitos” (capítulo 10, versículo 45).

João Marcos foi um dos 70 enviados a anunciar as boas notícias, relatado em Lucas 7. Se perguntássemos a Marcos quem é Jesus? Provavelmente, ele responderia “o Filho de Deus”.

Provavelmente, o primeiro livro a falar da vida de Jesus foi o de Marcos. Acredita-se que tenha sido escrito entre 55-64 DC. Foi escrito em Roma. De acordo com historiadores, Marcos tem uma forma romana de escrever. Ele é pragmático.

  • Apenas 7% do que está em Marcos não está em nenhum outro livro.
  • Só menciona uma Páscoa
  • Foca Jesus na Galileia

Lucas

Lucas escreveu sobre Jesus por volta de 60-68DC. Lucas era um médico (Colossenses 4:14) e sua escrita é feita como de um médico que zela pela família e espera pela compaixão com as demais vidas. Ele relata desde a linhagem de Jesus até seus atos de forma cronológica. Para a maioria dos estudiosos e historiadores bíblicos, Luca também é o autor do livro dos Atos dos apóstolos, mais conhecido apenas por Atos.

Fé e oposição caminham lado a lado e o preço da fé deve ser bem calculado pelos seus seguidores. O livro de Lucas foi escrito em Roma e na Grécia. Tem uma linguagem idealista, como era o pensamento grego da época. Podemos dizer que Lucas escreveu seu livro pensando em quem é Jesus de um ponto de vista humanístico.

  • Cerca de 59% do conteúdo de Lucas é único, não está em outros livros
  • Menciona apenas uma Páscoa
  • Foca os ensinamentos de Jesus na Galileia
  • Revela Cristo como Homem perfeito

João

O livro de João, para muitos, é o primeiro livro que deve ser lido na Bíblia. Ele escreveu o livro que relata a vida de Cristo por volta de 80-90 DC. E escreveu a obra provavelmente em Éfeso. Ao contrário dos outros três autores, não tem um lado judeu, romano ou grego. Sua linguagem é quase que universal. Revela Jesus como o Filho de Deus. Ele não tem dúvidas sobre quem é Jesus.

João se preocupa com a conotação teológica dos ensinamentos de Jesus. Os outros autores, até Mateus, focam a parte histórica da vida de Jesus. João está mais preocupado com as entrelinhas, com as explicações e com a fé.

A preocupação de João é mostrar a face divina de Jesus. O livro não segue necessariamente uma ordem cronológica, mas sim em tópicos e se prende a sete declarações de Jesus como ‘Eu sou’.

  • Cerca de 92% do que está escrito em João não está em nenhum outro evangelho
  • Menciona três Páscoas. Alguns defendem até quatro Páscoas mencionadas questão de interpretação.
  • Diferente de Mateus, Marcos e Lucas, foca o que Jesus ensinou na Judeia
  • Revela Cristo como o Filho de Deus (João 3:16)

Com estas informações, esperamos que você possa fortalecer sua fé, compreendendo quem é Jesus, de acordo com os principais livros sobre sua vida.

Outros textos que podem te ajudar a compreender quem é Jesus.

Hotmart-Livro-Aprenda-a-Bíblia

One comment

  • Claudia Romero

    Parabéns!!! Que excelente sintese você fez da descrição de quem é Jesus, consolidando sua tese nos evangelhos, abordando o tema de forma simples e muito prática. Que Deus continue te capacitando para podermos usufruir boas leituras e estudos através desse blog.!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *