Sugestões de brincadeiras para gincanas evangélicas 

Share Button

Um dos maiores desafios de um líder de grupo de jovens e adolescentes é conseguir fazer dinâmicas, brincadeiras e outras atividades diversificadas, que saiam da rotina de reunião em grupo. Existem alguns livros sobre o assunto, com diversas ideias de atividades alternativas. Vamos sugerir algumas brincadeiras que você pode fazer em gincanas evangélicas, ou até mesmo em reuniões que você queira apresentar algo diferente. Para quem lidera um grupo de jovens ou adolescentes essas brincadeiras podem ser realizadas em retiros, acampamentos, ou reuniões nas quais haja tempo mais flexível para a realização de uma atividade diferente da usual. As nossas sugestões podem ser adaptadas, de acordo com as necessidades de cada igreja.

Além de divertir o grupo, a realização de gincanas evangélicas pode aproximar as pessoas e ajudar na comunhão dos irmãos. Algo que não podemos deixar de falar é que ao realizar gincanas, eventos e outros tipos de reuniões diferentes, os líderes podem aproveitar a oportunidade para conhecer melhor a personalidade de cada membro. Verificar quem é mais competitivo, quem não sabe perder, quem tem tendência a trapacear, quem é mais tímido e assim por diante. Uma gincana pode oferecer muito mais resultados do que apenas divertir o grupo. Para os participantes, esses momentos também são ideais para a formação de grupos de amizade e conhecer melhor a si mesmo.



Pergunta e resposta 

Uma das brincadeiras mais fáceis de se fazer é o famoso jogo de perguntas e respostas. Neste caso, o líder pode abordar um assunto que o grupo esteja estudando, ou fazer perguntas mais gerais, abrangentes. Se o grupo for grande, talvez seja até bom fazer uma mistura de perguntas específicas e gerais. Essa brincadeira de pergunta pode ter diversas variáveis. As perguntas podem ter opções ou não; as perguntas podem ser feitas para equipes, ou individualmente; podem ter diferentes tipos de dificuldades. Para cumprir o objetivo deste texto, vamos dar um exemplo bem claro, com passo a passo, de como poderia funcionar uma brincadeira de perguntas e resposta.

  1. Separe as equipes. Pode ser meninos contra meninas. Ou então, o líder dos jovens escolhe dois capitães para que eles montem seus times.
  2. Peça para que os times escolham um porta-voz, que vai sempre apresentar a resposta oficial do time. A escolha de um porta-voz é importante para não gerar confusão do tipo “mas eu respondi certo, a resposta dele não estava valendo”.
  3. O líder pede para os capitães tirarem par ou ímpar para ver quem começa a responder.
  4. O líder faz a primeira pergunta para o grupo 1. Se o grupo 1 não souber responder, o grupo 2 tem a chance de responder A MESMA PERGUNTA. Se o grupo 2 também não responder. Nenhum dos grupos faz pontos, o líder fala a resposta e faz a próxima pergunta.
  5. CUIDADO!!! Não se confunda ao direcionar as perguntas. Vamos supor que o grupo 1 não respondeu a primeira pergunta. O líder direcionou a pergunta para o grupo 2 e este grupo acertou. A próxima pergunta deve ser feita para o GRUPO 2, pois a pergunta anterior foi a pergunta do GRUPO 1. Uma forma de não se confundir é enumerar todas as perguntas. Assim, você sabe que as perguntas ímpares sempre serão feitas primeiramente ao grupo 1 as pares ao grupo 2.

Cantando a Palavra 

Esta brincadeira também faz muito sucesso nas gincanas evangélicas em todos os departamentos e para todos os grupos. Esta brincadeira é muito fácil e divertida. Você só vai precisar de uma caneta e um pedaço de papel para cada grupo.

O líder vai falar uma palavra e cada grupo vai listar músicas que tenham esta palavra. O líder vai estipular um tempo, que pode ser um, dois ou três minutos. Não é preciso mais que isso. Ao fim do tempo, um representante de cada grupo vai à frente com o papel. Quem conseguiu listar a maior quantidade de músicas que tenham a palavra chave ganha o ponto.

Para não gerar confusão, o líder deve estipular que o grupo deve saber, pelo menos, um verso completo da música listada. No papel, também deve ter o nome da música, ou o verso a ser cantado (com pelo menos, cinco palavras, por exemplo). Estipular um mínimo de palavras a ser cantada e escrita evita que a pessoa comece a improvisar músicas para ganhar mais pontos, ou que imite o grupo anterior.

Espadas afiadas 

Nesta brincadeira, o líder fala uma palavra e os participantes devem procurar por esta palavra na Bíblia. O líder pode definir se todos os participantes do grupo podem participar, e quem achar primeiro levanta a mão; ou pode selecionar apenas um representante de cada equipe para competirem entre si, um contra um, quem achar primeiro marca um ponto para sua equipe. Acreditamos que, para manter a brincadeira mais organizada, o ideal é chamar um competidor de cada grupo para duelarem entre si. O líder pode determinar um tempo. Se ninguém achar dentro deste tempo, nenhuma das equipes pontua.

Para esta brincadeira, o líder deve listar previamente as palavras que as equipes vão procurar. Se preferir, o líder pode escolher um livro determinado, facilitando a procura. O líder pode, por exemplo, escolher o livro de Apocalipse e escolher apenas palavras deste livro para que a brincadeira não fique muito difícil.

Esta brincadeira pode ter inúmeras variações nas gincanas evangélicas. O líder precisa tomar o cuidado, no entanto com as palavras a serem escolhidas, ou com a versão da Bíblia. Se a brincadeira for com um grupo de jovens e adolescentes, escolha palavras em uma bíblia na versão Viva ou na Linguagem de Hoje. Outra dica é ver se os grupos possuem uma bíblia na versão que você também usou para selecionar as palavras. Isso evita que você escolha palavras que não estão em outra versão.

Boa reunião 

Esperamos que essas brincadeiras para gincanas evangélicas ajudem você e seu grupo a desenvolver um elo de amizade e que possam aprender de uma forma criativa e interessante. Em um próximo texto, passaremos outras brincadeiras que podem ser feitas com jovens e adolescentes cristãos.

Leia também:


66 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *